O contato com a natureza pode tornar o idoso mais feliz!

0
1

Incluir na rotina ocupações significativas junto à natureza, em especial ambientes verdes e naturais, podem melhorar a saúde mental ou física e a longevidade e, portanto, a felicidade. O compromisso com um envelhecimento saudável, onde todos possam estar envolvidos no que valorizam é uma necessidade cada vez mais crescente.

Organizar uma rotina para a pessoa idosa que inclua a visita e o contato com espaços públicos que possuam ambientes verdes e naturais pode ser uma solução para quem não consegue ter esse contato a partir da própria casa. (Mas é importante lembrar que mesmo em casa é possível criar oportunidades de contato com a natureza!)

O contato com a natureza pode contribuir para nos fazer mais feliz por vários motivos:

  • Existe uma ligação natural entre cada um de nós e a natureza. Essa hipótese é chamada de “biofilia” e tem relação com nossas origens estarem ligadas à natureza.
  • Ambientes verdes e naturais incentivam certos comportamentos, como por exemplo, exercício físico ou interação social.
  • Ambientes verdes e naturais podem ter maior qualidade por estar livre de certos estressores como ar ou poluição sonora, que estão associados a doenças respiratórias e cardiovasculares e níveis elevados de estresse.
  • Além dos bens ambientais da amenidade da paisagem.

Contemplar, ou seja, prestar atenção em paisagens naturais, quando se tem a oportunidade é um recurso valioso. Ter contato com o cuidado com plantas, animais e até com o céu azul podem ser oportunidades junto à natureza que, muitas vezes, independem de outras pessoas.

Sendo assim, o contato com ambientes naturais e verdes através de uma rotina de atividades prazerosas é valiosa para o envelhecimento e, como visto, pode ajudar em um envelhecimento com mais saúde física e mental.

Aprender que o ambiente verde e natural é um aliado à felicidade pode ajudar a distribuir o tempo de forma que esse tipo de atividade esteja presente. Esteja atento a como você usa seu tempo, ao que faz parte do seu cotidiano e te traz prazer!

Leia mais:

Imagem: Jayden Brand on Unsplash

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.