Quais são as Intervenções de Terapia Ocupacional para Cuidadores de Demência?

25

Os Cuidadores de Pessoas com Demência (CPD) muitas vezes experimentam uma sobrecarga significativa do cuidador.

(Neste post são apresentadas algumas intervenções de Terapia Ocupacional para Cuidadores de Pessoas com Demência mapeadas em um recorte metodológico, mas é super importante não apenas saber as informações que se apresentam, mas sempre ter consciência de outro recorte, o cultural.)

A Terapia Ocupacional (TO) é capaz de melhorar a qualidade de vida e outros fatores de saúde para esses cuidadores. Estudo publicado em 2022 descreveu, a partir de uma Revisão de Escopo nas bases de dados PubMed, Scopus, EMBASE e Web of Science e periódicos OT indexados no Journal Citation Reports.

Os termos incluídos na estratégia de busca foram: demência, Alzheimer, Parkinson, cuidadores e TO. Foram incluídos artigos com desenho experimental em que foi realizada uma intervenção de TO em cuidadores de CPD, redigidos em espanhol ou inglês e com o texto completo disponível.

Como resultado obteve-se um total de 2.121 artigos, dos quais 31 foram incluídos; 22 deles descreveram intervenções TO domiciliares: Programa de Atividade Personalizada (TAP) (n = 5), Programa de Desenvolvimento de Habilidades Ambientais (n = 4) e Treinamento Avançado de Cuidadores (n = 3) e outros intervenções domiciliares (n = 10); os demais estudos descreveram intervenções de TO em outros ambientes (n = 9).

TAP

O TAP consiste em 3 fases. Na primeira fase, o terapeuta ocupacional realiza avaliações padronizadas do cuidador, paciente e ambiente e, junto com o cuidador, identifica três atividades de interesse das pessoas com demência. Na segunda fase, o terapeuta ocupacional ensina o cuidador a implementar as atividades por meio de diferentes estratégias. Na terceira fase, o terapeuta ocupacional ajuda o cuidador a generalizar as estratégias de atividade para outros desafios do cuidado e ajuda a simplificar as comunicações e modificar o ambiente. O TAP dura aproximadamente três a quatro meses e foi dividido em oito sessões com duração máxima de uma hora e meia cada. Em todos os cinco estudos, o TAP foi realizado exclusivamente pelo terapeuta ocupacional. No estudo, apenas um deles afirmou estar tratando uma demência específica, a demência frontotemporal.

O estudo mostra que as intervenções de TO para cuidadores de PCD são realizadas principalmente em casa. A mais utilizadas foi o TAP que é um programa focado em cuidadores de pessoas com doença de Alzheimer, visando diminuir a sobrecarga, a depressão e o estresse vivenciados pelos cuidadores.

Aqui no Brasil existe a formação no TAP na sua versão domiciliar com adaptação transcultural. Leia mais sobre o TAP-BR:

Programa de Desenvolvimento de Habilidades Ambientais

Esta foi a segunda intervenção de terapia ocupacional mais utilizada (n = 4) nos estudos incluídos. Esse programa foi projetado para aumentar o domínio do cuidador, introduzindo estratégias para modificar as dimensões físicas, sociais e de tarefas do ambiente doméstico. Na primeira sessão, a terapeuta ocupacional realizou uma avaliação das necessidades dos cuidadores. Os terapeutas ocupacionais forneceram aos cuidadores habilidades de resolução de problemas, modificações ambientais e treinamento de redução de estresse para atender às necessidades dos cuidadores em casa. Em todos os estudos, foram realizadas sessões domiciliares e aconselhamento por telefone. O número de visitas domiciliares diferiu entre os estudos. Em dois deles, foram realizados nove atendimentos domiciliares e um aconselhamento telefônico por mês. Em contraste, nos demais estudos, o número de visitas domiciliares foi reduzido para cinco ou seis. A duração das sessões em todos os estudos foi de noventa minutos (sessões domiciliares) e trinta minutos (aconselhamento por telefone). Todos os programas foram conduzidos exclusivamente por terapeutas ocupacionais. Apenas dois deles afirmaram estar tratando de uma demência específica: a doença de Alzheimer.

Martínez-Campos, Alberto & Compañ-Gabucio, Laura-María & Torres-Collado, Laura & De la Hera, Manoli. (2022). Occupational Therapy Interventions for Dementia Caregivers: Scoping Review. Healthcare. 10. 1764. 10.3390/healthcare10091764.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.