A Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) teve a pré-visualização da sua nova versão, a 11a, lançada essa semana. A CID é uma das principais ferramentas do cotidiano médico. Sendo a base para identificar tendências e estatísticas de saúde em todo o mundo e contém cerca de 55 mil códigos únicos para lesões, doenças e causas de morte.

A CID  fornece uma linguagem comum que permite aos profissionais de saúde compartilhar informações de saúde em nível global. A CID também é utilizada por seguradoras de saúde cujos reembolsos dependem da codificação de doenças; gestores nacionais de programas de saúde; especialistas em coleta de dados; e outros profissionais que acompanham o progresso na saúde global e determinam a alocação de recursos de saúde.

Segundo o site das Nações Unidas, o documento lançado essa semana serve para que os países possam planejar seu uso, preparar traduções e treinar profissionais de saúde. A CID-11 será apresentada oficialmente em maio de 2019, durante a Assembleia Mundial da Saúde e estará vigor dia 1 de janeiro de 2022.

O que mudou??

Pela primeira vez, a CID será completamente eletrônica e possui um formato que facilita seu uso.

Sobre os novos capítulos adicionados, um bom exemplo é a inclusão de distúrbio dos jogos eletrônicos (gaming disorderà seção de transtornos que podem causar vício. A Organização Mundial de Saúde define a desordem como um “padrão de comportamento persistente ou recorrente”, de gravidade suficiente para “resultar em comprometimento significativo nas áreas de funcionamento pessoal, familiar, social, educacional, ocupacional ou outras”.

E quando a condição tem impacto na vida reabilitadores são chamados para pensar, não tenha dúvidas! Aliás, você viu nosso post “Videogame faz bem ou mal para o desenvolvimento da criança“.

O documento seguiu também a alteração feita em 2013 na nova versão do Manual de Diagnóstico e Estatística dos Transtornos Mentais, o DSM-5  que reuniu todos os transtornos que estavam dentro do espectro do Autismo num só diagnóstico: TEA.

A CID-10 trazia vários diagnósticos dentro dos Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD — sob o código F84), como: Autismo Infantil (F84.0), Autismo Atípico (F84.1), Síndrome de Rett (F84.2), Transtorno Desintegrativo da Infância (F84.3), Transtorno com Hipercinesia Associada a Retardo Mental e a Movimentos Estereotipados (F84.4), Síndrome de Asperger (F84.5), Outros TGD (F84.8) e TGD sem Outra Especificação (F84.9). A nova versão da classificação une todos esses diagnósticos no Transtorno do Espectro do Autismo (código 6A02 — em inglês: Autism Spectrum Disorder — ASD), as subdivisões passaram a ser apenas relacionadas a prejuízos na linguagem funcional e deficiência intelectual. A intenção é facilitar o diagnóstico e simplificar a codificação para acesso a serviços de saúde.

Agora é aguardar o lançamento e efetivação dessa nova versão. =)

 

FONTEOMS
Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.