Universidade desenvolve tinta perceptível ao tato

4014
Um mapa impresso com a Touchable Ink. Fotol: J. Walter Thompson Bangkok
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Pessoa com deficiência visual lendo impressão feita com a Touchable Ink

A Universidade Thammasat da Tailândia em colaboração com a Samsung criaram uma nova tinta que dilata em certas condições de temperatura, produzindo assim palavras e imagens em relevo, como é esperado de uma impressora Braille. O que é revolucionário sobre esta tinta é que ela pode ser usada em impressora e papel comuns, eliminando assim a necessidade de impressora Braille ou papel especial.

Além da possibilidade de imprimir em relevo que permite às pessoas cegas ou com baixa visão acesso ao conteúdo, a impressão também pode ser feita da forma típica, sem relevo. Sendo assim, é possível fazer uma combinação de texto e imagens com e sem relevo, tornando a informação acessível para todos.

A Touchable Ink não só irá fazer a impressão Braille disponível para qualquer pessoa, mas vai torná-la muito mais barata. Atualmente, uma impressora Braille pode custar de $ 2.000 – $ 4.000; o custo atual da impressão em Braille é de $ 1,1 por página A4. A  Touchable Ink vai reduzir esse custo para apenas 3 centavos de dólar por página.

A nova invenção ainda não está disponível para venda, mas já está sendo testada na  Thailand Association of the Blind. Sendo apontada como um enorme passo em frente para as pessoas com deficiência visual, a Touchable Ink promete a democratização e acessibilidade ao conhecimento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.