Mary and Max: animação onde um dos protagonistas tem Síndrome de Asperger

3
4090

Sou fã de animações e essa eu já assisti, no mínimo, umas duas vezes.  Seu nome é Mary and Max, uma animação australiana realizada na tradicional técnica de stop motion com personagens extremamente expressivos, cômicos e por que não dizer “perturbadores” (mas não se preocupe, é uma animação “do bem” ;P) .

Mary and Max conta a história de uma amizade muito especial entre dois seres antagônicos, mas que compartilham os mesmos sentimentos de tristeza e solidão. Maria é uma menina gorducha de 8 anos que vive em Melbourne, Austrália, ela se sente muito solitária e para amenizar este sentimento ela escolhe uma pessoa ao acaso na lista telefônica e começa a se corresponder com ela por carta. O sortudo escolhido é Max Horovitz, um homem adulto e obeso que vive em Nova York e sofre de Síndrome de Asperger e por isso é isolado das pessoas. Apesar da grande diferença de idade entre os dois, ambos não têm amigos e precisam de alguém para confiar.

Mary and Max já foi visto em inúmeros festivais e eventos como o Festival de Sundance e Sitges, onde recebeu muitos elogios.

Se você clicar na imagem em destaque ao lado vai poder assistir um trecho da animação em que Max fala da Síndrome de Asperger e dos desafios enfrentados por ele.

Para quem convive ou trabalha com a Síndrome de Asperger assistir ao filme é uma boa dica, ou seja, fica a dica…

😉

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.