Lista de atividades de São João para idosos

37

Caruaru, Campina Grande e tantas outras cidades vivem o São João de uma maneira tão festiva que as datas desse período tornam-se tema que influenciam da culinária à rotina desses lugares. Para muitos terapeutas e cuidadores, essa é uma época muito rica para trabalhar as ocupações de forma contextualizada, resgatar e reviver histórias, interesses e hábitos dos idosos, que se sentem valorizados e felizes.

O São João é uma data com suas comidas típicas, tradições (inclusive, religiosas), música e vestimentas.

Separamos neste post, uma lista de atividades (um resumão de nossos posts anteriores) podem fazer parte da rotina de sessões dos terapeutas e inspiração para os cuidadores – que sempre devem buscar oferecer o que é possível de ser executado pelo idoso de forma segura e significativa.

Primeiro, resgatamos o que diz o post Temas e atividades de São João para os contextos de terapia cognitiva! para que você relembre algumas possibilidades; e, mais abaixo você encontra a lista com os outros posts!

1. Símbolos religiosos e personalidades: Os santos católicos são o tema da festa, sendo assim, Santo Antônio, São João e São Pedro podem ser usados como temas. Além dos santos, personalidades relacionadas ao forró (música típica da época) e a cultura matuta, ou seja, de interior também podem fazer parte da temática relacionada a “personalidades” dessa época do ano. Luiz Gonzaga com sua história e trajes típicos, é um exemplo. Procure explorar com o cliente personalidades conhecidas por ele.

2. Comidas Típicas: várias são as comidas típicas que fazem parte dessa festa. Milho assado, cozido, pamonha, pé de moleque e todas as outras (delícias) dessa época do ano. Alimentos que o cliente gosta, ou os que ele sabe fazer podem explorados.

3. Canções de São João: O São João possui músicas típicas da época, logo torna-se uma outra excelente temática para explorar.  “O Balão vai subindo, vai caindo a garoa, o céu é tão lindo, a noite é tão boa, São João/ São João/ Acende a fogueira do meu coração!”  =)

4. Tradições: quadrilha de São João, acender fogueira, fazer simpatia… essas são algumas tradições que envolvem a festa e que podem ser usadas nas atividades relacionadas à festa.

Como usar dessas temáticas?

Textos sobre o tema

Os textos podem ser usados para ler, copiar, completar ou criar. (Pense que os textos também podem ser as letras de músicas, ok? E que as imagens das temática escolhida podem ser usadas para criar os textos)

Jogos

Use a forma lúdica para trabalhar as temáticas, pode ser um quebra-cabeça com as imagens, um jogo de memória ou um jogo mais simples de pareamento de imagens.

Passeios

Passeios à exposições relacionadas com os temas podem ser muito produtivos. Em Recife existe o Cais do Sertão, um espaço dedicado à cultura nordestina que tem muita relação com a festa de São João. Se na sua cidade não existem espaços assim, é possível fazer um passeio para comer uma comida típica ou visitar uma livraria que tenha livros sobre as temáticas envolvidas na festa.

Ouvir Música e/ou Dançar

Fazer uma playlist com músicas típicas e escutá-las tentando lembrar as letras, reconhecer as vozes dos cantores e até dançar podem ser atividades contextualizada e significativas dentro do contexto de tratamento.

Listas

Fazer listas de músicas, de simpatias, de comidas, etc. Listar é uma atividade cognitiva que pode ser explorada de uma forma muita rica, se bem conduzida.

Vocês conseguem pensar em outras temáticas ou formas de uso para usar a temática do São João? Se sim, comente.

Outras atividades: 

Atividade de São João para idosos: Estimule usando encarte com produtos juninos

Balão de São João 3D: Imprima, pinte e monte!

Utilize os santos juninos para estimular durante o mês de São João

5 dicas para levar a festa de São João para dentro de casa!


 

 

Artigo anteriorComo o envelhecimento afeta as funções de movimento do corpo
Próximo artigoLançamento: E-book “Histórias e memórias através da culinária”
Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.