Guia resumido de aplicativos educativos e de lazer para Autismo

1
3594

Nos últimos anos, educadores e pais têm elogiado iPads, tablets e aplicativos como tecnologias de apoio que podem ajudar as crianças ou estudantes diagnosticados com Autismo se comunicar e aprender conceitos básicos. Mas, assim como há um espectro de desordens do autismo, existem muitas tecnologias assistivas, mas que tecnologia assistiva é a melhor escolha?

De acordo com Marc Sirkin, diretor de marketing digital chefe da Autism Speaks, as novas tecnologias podem ajudar a melhorar a capacidade de comunicação e de desenvolvimento, que é por isso que ele ajudou a criar a Autism Speaks Technology Guide – os aplicativos listados podem ajudar a desenvolver a comunicação, o desenvolvimento de habilidades e a criatividade, disse Sirkin.

Ao clicar no link acima, se abrirá o folheto PDF onde se concentra as “terapêuticas” voltadas para comunicação, auto-aperfeiçoamento e aplicativos educacionais. É o que Sirkin chama de “encontrar uma voz.”

No seguimento do folheto há as tecnologias “aplicadas” que se concentram em ajudar o usuário a explorar as suas paixões mais profundamente, como cinema, música, desenho…. ou seja, aplicativos intuitivos que ajudam a encontrar e explorar suas paixões.

Para vocês terem uma ideia, abaixo seguem as figuras com a listagem de aplicativos sugeridas no PDF. Recomendamos que vocês acessem o PDF pois com ele vocês conseguirão clicar nos links e ter acesso aos aplicativos.Para quem quiser saber mais e explorar as fontes citadas no texto, sugerimos o link: Autism Speaks.

 

Fonte: eschool

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.