Dica de livro: Um Porto Chamado Asilo… de Velhos

9
3900

Oi gente, estou na Argentina, aliás estamos, mas não íamos deixar de dar a dica do final de semana, né? A dica de hoje é bem legal para quem trabalha em ILPI’s ou precisa de informações sobre esse tipo de moradia especializada para idosos.

O livro se chama “Um Porto chamado Asilo…De Velhos” e a autora é Solange Beltrão, pessoa com uma longa vivência em ILPI’s. Eu e Ana Paula estávamos no lançamento e gostamos do que vimos. A importância da publicação para mim foi crucial porque nela encontrei algumas informações valiosas que estava precisando para a dissertação. Abaixo vocês podem conferir a sinopse.

Um Porto Chamado Asilo… De Velhos, traz uma imagem fiel das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) brasileiras, iniciando pela demografia e epidemiologia da velhice no Brasil, passando pela história dos ASILO DE VELHOS do país (desde 1890, no Rio de Janeiro), revela a transição asilar, manicomial, segregante e muita vezes perversa, para aportar na modernidade das INSTITUIÇÕES GERONTOLÓGICAS – que são instituições fundamentadas na Gerontologia, que é a ciência que estuda o processo de envelhecimento -. Tendo em vista a complexidade que permeia qualquer abordagem sobre ILPIs, fez-se necessária ousadia, determinação, rigor, disciplina, e, principalmente, a evocação, das últimas três décadas, da experiência profissional da autora. É um livro que emociona no decorrer de todas as sua páginas, e, principalmente, as idéias nele contidas são facilitadoras para que se compreenda que é POSSÍVEL E NECESSÁRIO remeter o ASILO DE VELHOS para algum lugar do passado. Embora, seja um livro técnico, pela relevância social do assunto abordado, foi escrito num linguagem coloquial para que seja facilitada a compreensão de todos os leitores, sejam gerontólogos, geriatras, ou não.

A Autora, Solange Beltrão

Bem, fica a dica…

Ahh,  a viagem tá dezzzz!! Já compramos um presentinho na Livraria El Ateneo (tiramos fotinhas, depois posto) e vimos umas coisinhas bem legais.. Andei tirando umas fotos de acessibilidade e de outras curiosidades, isso vale post na nossa volta. Aqui na Argentina tem muitos idosos na rua. Toda vez que meu namorado vê um fala alto: “Reabilitacaocognitiva.org!!” kkkkk  Eu e Paulinha morremos de rir! Bem, até agora é isso! Semana que vem estamos de volta, oks?

Ana Katharina Leite.


Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

9 COMENTÁRIOS

  1. quero parabenizar a dica do livro. É DE GRANDE importancia para nós que trabalhamos com idosos,pois iremos conhecermos um pouco maisdeste universo. valeu a dica. yoná.

  2. Essas meninas nos enchem de orgulho! 🙂 Faz um tempo que acompanho vcs daqui de João Pessoa e queria parabenizá-las, colegas! 🙂 Beijos e saudades. =****

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.