Celular para idosos: conheça soluções que facilitam o uso

0
1

Você sabia que o dia 10 de março é considerado como o “dia do telefone”? Nesta data, no ano de 1976 foi realizada a primeira transmissão de voz bem-sucedida entre pessoas em lugares distintos e distantes.

Essa invenção veio para mudar a forma de comunicação entre as pessoas e a cada dia essa ferramenta é aperfeiçoada, partindo para os dispositivos móveis, começando com telas simples até tornar-se ainda mais tecnológica e com muitas funções e toques diferenciados, podendo ser algo “difícil de mexer” para idosos com pouca familiaridade tecnológica.

Falando no idoso, sabemos o quão poderoso pode ser o uso desta ferramenta em seu cotidiano, afinal estamos vivenciando uma pandemia o que fez com que as pessoas não pudessem se encontrar pessoalmente, tornando os dispositivos móveis mais tecnológicos uma ferramenta potencial para amenizar a saudade.

Maaas… Para alguns idosos, este objeto super tecnológico pode ser um desafio e até uma barreira para permitir essa comunicação com seus entes queridos, afinal, o dispositivo não foi desenvolvido pensando nas especificidades inerentes a população idosa atual, sem muita familiaridade com o recurso. São ícones minúsculos, muitas informações, sensações diferentes (como o “touch scream”/toque) e assim por diante.

Sendo assim, existem algumas ferramentas capazes de facilitar esse uso, como por exemplo aplicativos que favorecem a usabilidade, deixando apenas os principais ícones de uso no dia-a-dia em destaque e de manuseio intuitivo, como é a proposta do aplicativo EasierPhone, um aplicativo só é liberado para dispositivos IOs, mas super útil para quem usa o sistema. Leia mais.

Outro aplicativo que pode te ajudar a introduzir o uso da ferramenta é o aplicativo “Idosos“, este tem como ideia principal ser um manual de instruções super prático para quem vai utilizar o dispositivo pela primeira vez, com partes teóricas e práticas, o objetivo aqui é aprender, muito legal. Está disponível nos dispositivos com sistema operacional Android.

 

Outra opção que pode garantir a acessibilidade ao uso do smartphone é ter a praticidade de um celular desenvolvido exclusivamente para o público, este é comercializado como Oba Smart, um celular inteligente com ícones e letras maiores, além de recursos para tornar o seu uso mais direto e objetivo.

 

 

Além dos smartphones, existem ainda alguns celulares móveis que não são tão difíceis para a adaptação, mas são bastante limitados sem opção de aplicativos para chamadas de vídeo, que é o que está bombando atualmente. São celulares mais simples, que podem ser carregados para todos os lugares, mas que limitam-se a realizarem chamadas de voz e de emergência, acionado por um botão em destaque no dispositivo.

Para comprar estes dispositivos já adaptados citados acima, é só pesquisar por “celular para idosos” em suas lojas virtuais de confiança.

Gostou? Já usou algum destes recursos para facilitar o acesso à tecnologia por algum idoso? Nos conta aqui nos comentários como foi a experiência!

Leia mais:

Aplicativo que deixa o celular do idoso “fácil de mexer”

Para estimular o cérebro todos os dias: dica de livro para presentear a vovó!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.