A Terapia Ocupacional no Cuidado aos Pacientes com COVID-19 em Fase Leve

0
443

A avaliação e o tratamento de um paciente com COVID-19 começam com a identificação do estágio da doença e o uso de ferramentas para garantir que o tratamento seja centrado no cliente e fundamentado nas melhores práticas.

A Terapia Ocupacional pode ajudar o paciente e seus familiares com práticas nas variadas fases da doença. A Associação Americana de Terapia Ocupacional (AOTA) refere que diante dos sintomas de COVID que caracterizam a doença em sua apresentação leve (tosse, fadiga, respiração curta, medo e ansiedade) o profissional de T.O pode intervir antes da hospitalização.

(Aqui cabe lembrar que os sintomas respiratórios que envolvem a COVID-19 precisam ser monitorados com bastante atenção. Nada lido na internet substitui avaliação médica. Em todo o processo da doença é necessário acompanhamento médico que definirá a permanência ou não do doente em casa).

Integrando avaliação e intervenção no tratamento agudo, o terapeuta ocupacional pode intervir nos seguintes eixos:

  • Prevenir quedas e reduzir o risco de lesões por quedas
  • Fornecer informações sobre conservação de energia e simplificação das atividades
  • Discutir considerações sobre saúde mental e gerenciamento de estresse
  • Reduzir o risco de readmissão hospitalar (explicamos mais abaixo)
  • Fornecer informações sobre controle de infecção para manter seguro outras pessoas que estão em casa. Informando como devem ser realizadas as atividades diárias e ajudando no planejamento para esse desempenho.
  • Abordar a privação ocupacional
  • Educar sobre o sistema pulmonar e como ele afeta a qualidade de vida
  • Avaliar padrões de desempenho (por exemplo, rotinas e hábitos) relacionados a como o COVID-19 se espalha.
  • Colaborar com os cuidadores lida com o paciente para fornecer educação e ferramentas relacionadas a AVDs (por exemplo, lavagem das mãos)
    e AIVDs (por exemplo, prestação de cuidados, gerenciamento de medicamentos)

Para reduzir o risco de readmissão ou interação hospitalar o terapeuta ocupacional pode, dentre outras questões:

  • Fornecer recomendações e treinamento para cuidadores.
  • Determinar se os pacientes estão seguros para permanecerem de forma independente ou se necessitam de cuidados específicos, como os de enfermagem.
  • Considerar as deficiências existentes com indicação de dispositivos auxiliares para que os pacientes possam realizar atividades da vida diária com segurança (por exemplo, usar o banheiro, tomar banho, vestir-se, fazer uma refeição)
  • Realizar avaliações de segurança em casa para sugerir modificações.
  • Avaliar a cognição e a capacidade de manipular objetos como medicamentos e fornecer treinamento quando necessário.

Estamos em um momento extremamente importante no que diz respeito às atividades cotidianas, o terapeuta ocupacional pode ajudar muito no processo de cuidado que envolve as famílias, os doentes e o desempenho seguro e eficaz que garante o controle da infecção e o cuidado necessário em todas os níveis de gravidade da doença.

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.