Dicas para maquiagem independente depois do AVE/AVC

0
444

O maior papel e desafio de quem reabilita é conseguir engajar com satisfação o paciente nas atividades que são significativas para ele. No caso das pessoas com AVC, um dos desejos pode ser voltar a se maquiar. E, inclusive, em muitos processos, precisamos despertar o paciente para a consciência de que isso é sim possível!

Maquiagem pode ser um hábito de autocuidado que faz parte do repertório de algumas pessoas, tendo impacto importante na autoestima e na sensação de autoeficácia.

A simplificação dessa atividade e a adaptação de alguns materiais pode ser a chave para a participação de forma independente. Veja abaixo algumas estratégias que podem ajudar: – A pessoa deve estar sentada em uma cadeira com uma mesa na frente e o material disposto ao seu alcance.
– Cobrir a superfície com material antiderrapante onde a maquiagem ficará disposta; isso evita que os itens da maquiagem escorreguem ou rolem na mesa de apoio.
– Se possível, use maquiagem com tampa “abre e fecha” e caso existam produtos com o fecho em “rosca” não os enrosque.
– Dê preferência ao uso de ítens largos e fáceis de serem manuseados com uma mão.
– Inclua o membro afetado sempre que possível (servindo de apoio para para segurar ou até para passar pó, por exemplo). Deve-se ficar BEM CLARO aqui que nenhuma dessas sugestões substitui um atendimento personalizado onde a partir da avaliação da pessoa, do ambiente e dos itens de maquiagem, o profissional de Terapia Ocupacional vai adaptar o que for necessário para engajar o paciente na atividade.

Existem, inclusive, produtos já adaptados à venda, que podem facilitar o manuseio.
Inclusive já publicamos aqui uma postagem “rímel adaptado”.

E você tem outras dicas que possam ajudar? Deixa aqui nos comentários!

Ah! Já conhece nosso canal no Youtube?

Foto by freepik

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.