Tem algo errado com o momento de aprender?

1
4410

A aprendizagem é um processo interno e pessoal e para que ela ocorra são necessários alguns fatores, como: desejo, atenção, organização e elaboração dos conteúdos adquiridos… Em meio ao excesso de informações, muitas crianças têm sentido dificuldade em filtrar as informações necessárias para a aprendizagem, gerando sensível atraso no desenvolvimento de funções cognitivas necessárias para a aquisição de novos conhecimentos.

Algumas dificuldades no processo de aprender nem sempre tem relação com alterações neurológicas, mas é preciso estar atento aos marcos de aquisição de determinadas aprendizagens. É esperado que aos 2 anos uma criança já esteja conseguindo se comunicar através da linguagem oral e da mesma forma é esperado que aos 7 anos ela consiga fazer a representação da linguagem através da escrita.

Quando este caminhar das aprendizagens não vai bem, é preciso avaliar de onde surgem tais alterações. Elas podem ter relação com fatores sociais, educacionais, emocionais e orgânicos. Uma criança para desenvolver-se bem, precisa de estímulos e um ambiente propício a aprendizagens.

Há sempre a queixa de crianças que não param, não aprendem, não obedecem e vivem a mil por hora, mas o que de fato pode levar ao diagnóstico de uma alteração do funcionamento neurológico, como um Déficit de Atenção/Hiperatividade e a Dislexia ou simplesmente uma alteração de comportamento em função de dificuldades em estruturar a rotina da criança?

Em primeiro lugar, é importante observar como foi o desenvolvimento na aquisição das aprendizagens. A criança sempre foi agitada? Desde pequena é uma criança que não observa mudanças no ambiente, tem dificuldade para iniciar e concluir propostas e/ou apresenta dificuldades relacionadas a aprendizagem? Tem dificuldades para lembrar fatos do seu dia, nomes, soletrar o alfabeto, faz trocas na fala ou escrita?

Os pais e professores são os primeiros a identificar dificuldades no processo de aprendizagem, então, é importante que seja dado um olhar diferenciado para quaisquer alterações. Procurar um profissional especializado nesta área irá garantir uma prevenção de dificuldades futuras, assim como um diagnóstico e intervenção precoce para a melhoria dos sintomas.

 

Michelle Costa Soares | Psicopedagoga Clínica| Professor/Pesquisador – UNEB| Estudante de Neuropsicologia

IG: @michelleterapiadecrianca | contato: michellecsoares@yahoo.com.br

 

Leia também: 

– Psicopedagogia: você já ouviu falar??

– Dica de livro: Einstein teve tempo para brincar

– Você sabe o que é brincar?

– Dado das emoções: atividade para ajudar a compreender emoções e comportamentos

 

Conheça o caderno de exercícios reab.me!!

cadernos

1 COMENTÁRIO

  1. Ótimo texto. Faz-nos refletir sobre a importância de observarmos as nossas crianças o tempo todo e procurar ajuda o quanto antes para algum problema.
    Parabéns!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.