Palitos de picolé viram jogo cognitivo!

9
6270

Palitos de picolé!!!! Pois é, a atividade de hoje usa esses “coringas” das atividades que podem dar muito pano para manga (traduzindo: muitas atividades diferentes kkkk).

 

img_0467

No próprio computador você pode fazer os cartões que mostram os palitos em diferentes quantidades, cores e posições. Garanto que usando o básico que o word oferece você consegue, não se preocupe!

O próximo passo é ver quantos palitos e quantas cores de cada você precisa. Essa conta é fácil quando você tem ideia da forma que vai usar. Se você for pedir  que o cliente use o mesmo conjunto de palitos para fazer o que cada cartão pede, você não precisa de muitos, concorda? No entanto, se você quiser que ele trabalhe com todos os cartões ao mesmo tempo, você vai ter que fazer o número de palitos, de acordo com o pedido nos cartões.

Além de poder fazer o jogo como o material acima sugere (reproduzindo com os palitos as sequências de cores mostradas nos cartões), você pode variar o uso dos palitos coloridos e trabalhar várias habilidades cognitivas, dentre elas atenção, conceituarão de cores e quantidades, memória recente, sequenciamento, categorização, organização e relação espacial… ufa, muita coisa!

Veja abaixo algumas sugestões:

– Quais e quantos palitos são necessários para reproduzir a sequência de cada cartão?

– Memorize a posição, cores e quantidades do cartão. Tente sem vê-los ou consultando o mínimo possível montar o que o cartão pede.

– Ache o cartão que corresponde a sequência montada pelo terapeuta.

– Complete a sequência de palitos iniciada pelo terapeuta, de acordo com o cartão. Ou seja, o terapeuta começa a montar o que o cartão pede e o cliente termina. Ou quem sabe, ele precisa achar o cartão com uma sequência inicial igual a montada pelo terapeuta para finalizar a sequência.

Ah, uma forma de você graduar a complexidade desse material é produzir palitos que sejam metade de uma cor e metade de outra, ou com outros detalhes. Assim, você tem mais detalhe e mais desafio pela frente!

E vc, tem algo a acrescentar?? Comente!

fonte: learnymclearnerton.wordpress.com

COMPARTILHAR
Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE). Especialista em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design e Ergonomia (UFPE). Consultora em Tecnologia para Reabilitação.

9 COMENTÁRIOS

  1. Com os palitos você poderá também utilizar para o processo de alfabetização a escrita espontânea: PALITO, PICOLE, o nome da cor, o nome da fruta do picolé. Letra inicial e final; a mesma classe de sílaba (PA, PI / LI, LE)

  2. Adorei a Ideia, parabéns!!!! Como sugestão poderia trabalhar no Fund I a escrita dos algarismos romanos, alem de na alfabetização matemática a composição de quantidade e valor. Muito bacana a ideia. Obrigada pela dica.
    Bjus

DEIXE UMA RESPOSTA