Porque futebol é um excelente recurso para Fisio, Fono e TO =)

0
3710

O Futebol é uma atividade super comum e estimulante para os brasileiros; e, independente da idade, pode ser um excelente recurso terapêutico para os profissionais da Reabilitação também. Quer ver como?

Tudo começa quando lembramos que esse esporte tão popular requer o mínimo de equipamentos e pessoas. Basta uma bola e  1 jogador que tudo já pode acontecer (pelo menos, do ponto de vista motor, onde o que se precisa é chutar e acertar um alvo).  Futebol pode ser jogado sem mais ninguém, se você tiver uma parede já resolve. Ao mesmo tempo, pode ser jogado com várias pessoas, tantas e quantas você quiser (e o regulamento que você se apoiar deixar!). Quanto ao jogador, este pode estar em pé, sentado em uma cadeira de rodas ou apoiado em qualquer anteparo. Pernas, braços ou mãos não importa, o que vai importar é o gol. =)

Agora vamos conhecer melhor porque cada profissão adora futebol…

Bem, a Fisioterapia tem razões para achar o futebol uma excelente atividade motora. O jogo requer movimentos de todo corpo;  equilíbrio para manter o corpo durante as corridas, chutes e saltos; coordenação olhos-membros, já que você tem um alvo para acertar ou agarrar. De uma forma bem resumida, é isso: o futebol é um jogo que dá diversas possibilidades e desafios motores ao jogador.

A Terapia Ocupacional também tem razões para achar o  futebol é uma grande atividade.  O futebol pode ser pensado como uma atividade com tarefas, objetivos, personagens e contextos. Na TO pode-se usar esses elementos para trabalhar habilidades cognitivas, por meio de jogos, bem como atividades motoras ao pensarmos nos movimentos funcionais e possíveis treinos e adaptações para jogar. Ah, terapeutas ocupacionais também podem usar deste jogo como recurso de socialização ou atividade com distintas experiências sensoriais (as texturas, os movimentos vestibulares e estímulos visuais e auditivos).

E, a Fonoaudiologia, também acha o futebol uma atividade bastante estimulante. O futebol é uma ótima maneira de encorajar a fala durante a execução de uma atividade de corpo inteiro ou apenas enquanto sentado em uma cadeira. O futebol é uma ótima maneira de descrever uma série de movimentos do corpo / ações / emoções. É também uma ótima maneira de interagir com seus pares fora do ambiente escolar, estimulando a interação e comunicação. O futebol tem um número de diferentes de tarefas se pode descrever. Futebol pode ser usado para aprender comandos e perguntas.

Vocês querem dar mais razões para cada profissão da Reabilitação usar na Reabilitação? Comente!!

Fonte: Beyond Basic Play | Imagem: Peter Dutton

______________________________________

Um lembrete para quem se interessa por materiais de estimulação: temos os cadernos de exercícios Reab.me. Pensados para adultos com disfunção cognitiva, esse material é largamente utilizado com pessoas com demência de Alzheimer, tanto no trabalho de Reabilitação quanto na estimulação cotidiana pelo cuidador. Um material caracterizado por sua simplicidade, conteúdo versátil e facilidade de aplicação.  Todos os exercícios abordam temas do cotidiano, da rotina, dos interesses e da história do paciente. Enquanto resgata informações da vida atual e anterior da pessoa, as questões estimulam habilidades como memória, atenção, linguagem, dentre outras.

Venda e mais informações em: www.reab.me/loja. Enviamos para todo Brasil e Portugal!

______________________________________

Outros posts que podem te interessar: 

– Sugestões de exercícios com o tema Futebol!

– Jogo de memória com times e mascotes de Futebol

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.