Por que terapeutas de reabilitação usam redes sociais e outras referências?

487

Na imensidão de referências que podemos ter hoje na internet (e na vida analógica tb, óbvio!) fica claro que é necessário organização para ter onde buscar rápido aquilo que nos inspirou!

Na versão 2020 do “Planner para Terapeutas que vão Além!“, uma publicação que é parceria do reab com a inclusão eficiente, deixamos um espaço específico para os terapeutas anotarem suas referências.

Mas por que terapeutas de reabilitação usam referências?

  1. Indicação de leitura “menos científica e mais prática” para familiares. Hoje em dia as famílias estão na internet buscando “soluções” e indicar onde os pais e parentes podem achar informação que possa levar conhecimento é uma das estratégias que terapeutas usam para usar a internet à favor dos seus tratamentos.
  2. Para acompanhar como as informações nas redes sociais podem ajudar na atualização através de redes sociais e sites (como o reab!) que indicam livros, artigos, cursos e eventos.
  3. Para encontrar entretenimento, afinal terapeuta é gente! hahahaha Pois é, essa página do planner pode ajudar o terapeuta a anotar aquilo ou quem o faz mais feliz, empoderado, inspirado e o ajuda a manter o combustível das gargalhadas também.
  4. Acessar de forma rápida as referências enquanto conversa com colegas da área que também precisam e querem referências de qualidade! Quantas vezes você não quis lembrar o nome de um livro ou artigo e não tinha aquela informação na cabeça?

(Leia mais sobre a versão 2020 do “Planner para Terapeutas que vão Além!” clicando aqui!)

Com certeza você achará por aí outros motivos para terapeutas terem referências, isso pode ser muito particular, inclusive, mas de forma geral acreditamos que ter referências de forma organizada pode beneficiar não só o terapeuta, mas os pacientes que ele atende e a dinâmica de vida dessa pessoa como um todo.

Melhorar a vida das pessoas é função de uma boa terapia de reabilitação, mas nesse processo o terapeuta não pode se perder de si, concordam?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.