Omega-3 beneficia déficit cognitivo leve e Alzheimer em fase inicial

0
2867

Um novo estudo publicado no The Journal of Alzheimer afirma que os pacientes no estágio inicial de Alzheimer ou déficit cognitivo leve se beneficiam com o tratamento de omega-3, mas que clientes com com a forma moderada ou avançada de Alzheimer não apresentam o mesmo resultado.

O interesse no Omega-3 e na sua relação com a doença de Alzheimer surge das suas propriedades anti-inflamatória e neuro-protetora, uma vez que existe uma ação inflamatório progressiva como resultado da doença de Alzheimer.

De acordo com a Mayo Clinic, reações inflamatórias crônicas estão presentes na doença de Alzheimer. Uma proteína chamada beta-amilóide  desenvolve “placas” nos cérebros de pessoas com doença de Alzheimer, destruindo as células cerebrais (neurônios) e resultando em perda de memória.

Em estudos animais, estresse inflamatório estava diretamente relacionada à quantidade dessas proteínas solúveis e insolúveis presentes no cérebro, sugerindo que a acumulação patológica das proteínas é um fator chave para o processo neuro-inflamatório.

A inflamação, um mecanismo imunológico, começa a partir de membranas celulares por meio de um grupo de curta duração hormônios locais (prostaglandinas-2), que são os derivados dos ácidos graxos de ômega-6.

O principal mecanismo para a resolução da inflamação também começa a partir da membrana celular e por meio de um grupo de curta duração hormônios locais (prostaglandinas-3), mas estes são os derivados dos ácidos graxos de ômega-3.

A relação de membrana de Omeg-3/Omega-6 determina a intensidade e a duração da resposta imune. Ambos, o Omega-3 e Omega-6, são obtidos apenas a partir de alimentos.

Dietas com carência de alimentos, como peixes (fonte de Omega-3), fazem inclinar a balança para as “pró-inflamatórias” Omega-6. Mesmo dietas contendo peixes carregam um grande ponto de interrogação: a entrega real de Omega-3 dos peixes cozidos ou fritos, já que Omega-3 é sensível ao calor.

A moderação natural da inflamação, como ele se relaciona com Omega-6, só pode ser alcançado através da suplementação de Omega-3, um concorrente do Omega-6.

Devido à escassez de Omega-3 em alimentos, o corpo humano evoluiu e adaptou-se a favor Omega-3 sobre Omega-6, como evidenciado pela taxa de conversão de seus precursores: 2,3% (Omega-6) v. 18,5 % (Omega-3). (Emaken et al., 1992.).

Para determinar se as respostas inflamatórias são sustentadas por falta de Omega-3 nas membranas celulares, a duração e a quantidade de ingestão são de suma importância.

Esse estudo recém-publicado por revisão sistemática e meta-análise de longo prazo relativo a suplementação de omega-3 mostraram uma redução na quantidade de amilóide em modelos experimentais. Neste estudo, a Nutri-Med Logic Corp diz que enquanto a duração da suplementação é um fator importante, a quantidade ideal de ingestão suplementar é um fator igualmente importante.

Fonte: SFGate

Foto: Sanofi Pasteur

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.