Não se deve confiar em testes online para Alzheimer!!

0
2874

Uma série de testes on-line para a doença de Alzheimer surgiram na internet nos últimos anos, afirmando ser capaz de diagnosticar a doença através das respostas de 10 ou 20 perguntas, geralmente focadas na memória.

Um novo relatório divulgado na Alzheimer’s Association’s International Conference em Boston descreveu a necessidade desses “testes”serem cientificamente válidos, e até caracteriza quem os cria como antiético, muitas vezes sendo até gananciosos na busca de lucros através da venda de ferramentas para uma população vulnerável.

O autor principal do estudo, Julie Robillard, com pós-doutorado no Núcleo Nacional de Neuroethics da University of British Columbia em Vancouver, chamou especialistas – incluindo geriatras, neuropsicólogos e neuroética – e  juntos avaliaram 16 testes on-line de acesso livre para a doença de Alzheimer . Os especialistas avaliaram os sites no que diz respeito a validade científica e confiabilidade, interação humano-computador, e uma gama de fatores éticos. Três quartos dos testes foram classificados como “pobres” ou “muito ruins” para a validade científica e confiabilidade, e todos os 16 tiveram notas “ruins” ou “péssimas” para os seus padrões éticos, incluindo a confidencialidade, políticas de privacidade e a falta de divulgação de conflitos de interesses comerciais. A maioria dos sites foram classificados como “bom” quanto a adequação da interface homem-computador para a população idosa.

Os sites que hospedam os testes on-line que foram analisados ​​no estudo recebem de 800 a 8 milhões de visitas mensais.

Diagnóstico precisa ser dado por um médico e as terapias para memória devem ser realizadas por profissionais adequados. Nada substitui um especialista!

________________________

Gostou do post? Clica no botão do Google Plus (Google +1)  aí embaixo e avisa ao google que esse post é de qualidade!! Assim você estará nos qualificando e garantindo ainda mais qualidade no site.

Vamos ganhar esse clique valioso?? Obg!! =)

Ah, para os fãs de Facebook que querem espalhar o post “por aí” é só clicar e compartilhar! 

_____________________

Fonte: Forbes.com
Imagem: Matt Carman
Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.