Ideias para usar o tapete de yoga como recurso terapêutico

0
3935

tapete

Terapeutas que compartilham suas ideias não as perde, mas multiplica conhecimento e divulga o trabalho que faz. Esse é o caso de Natalie Lopez que no site Beyond Basic Play que divulgou como usa o tapete de yoga nas suas sessões.

Sabemos que muitas vezes precisamos usar os objetos do contexto do cliente como recurso terapêutico e foi isso que ela fez: usou o tapete de yoga como rolo, como obstáculo,  como superfície para treino de deambulação (andar) e como “prancha” de equilíbrio. Legal, né?

Rolo

O rolo surge com o auxílio de fita adesiva. A depender de quanto do tapete você enrole, você terá um rolo de altura diferente, ou seja, você pode adaptar às suas necessidades. Bem como, você consegue alturas maiores dobrando o rolo, como mostra a segunda imagem.

rolo1

rolo5

Superfície para caminhada 

Você também pode tornar o tapete uma superfície irregular para a prática de caminhada, equilíbrio em pé e consciência corporal. Pode-se usar toalhas, camisetas ou brinquedos de pelúcia debaixo do tapete criando diferentes obstáculos de altura.

rolo2

Considere também delimitar espaços do tapete que o cliente vai usar na terapia:

rolo6

 

“Prancha” de equilíbrio

Não, não é uma prancha de equilíbrio, por isso está aspeado. Enrolado o tapete torna-se uma superfície que, se bem fixada (não queremos causar machucões), pode servir para treino do equilíbrio. =)

rolo4

rolo5

Gostou das ideias? Compartilhe também as suas ideias nos enviando email (contato@reab.me) ou comentando abaixo. =)

Lembrando que essas imagens e ideias foram retiradas do site Beyond Basic Play!!!

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.