10 atividades simples para serem feitas com idosos em isolamento domiciliar

1
1398

Em tempos de restrição ao domicílio, devemos pensar que alguns idosos, principalmente com diagnóstico que levam a perdas cognitivas deve continuar com suas atividades de estimulação mesmo em casa.

O terapeuta ocupacional pode te ajudar a adequar a atividade ao perfil do idoso, principalmente quando este está em fases mais avançadas da doença.

De toda forma, como orientações gerais devemos ter em mente que precisamos estimular a participação dos idosos em atividades cotidianas, principalmente quando este tem um cuidador a sua disposição, que pode facilitar e proporcionar ainda mais a execução de tais atividades.

(Se esse assunto te interessa, veja no final do post um vídeo com mais dicas sobre como o idoso pode participar)

1 – Chame-o para responder exercícios cognitivos:

Geralmente o profissional que o acompanha deixa algumas atividades para serem realizadas durante a semana. Chame-o todos os dias para um pequeno momento de atividades. Temos um arquivo gratuito aqui com alguns exercícios do cadernos de estimulação cognitiva do Reab. Se esse material te interessa: clique aqui para baixar! Esse material faz parte dos exercícios de estimulação cognitiva do reabme. É um material já usado por cuidadores e também por profissionais.

Pergunte ao profissional que o acompanha se este já conhece o recurso, e se o material é indicado para o nível cognitivo do idoso antes de usá-lo.

2 – Envolva o idoso em atividades de culinária simples:

Precisa fazer o lanche? Você pode chamá-lo para montar um sanduíche e até para fazer uma salada de frutas com você. Essa atividade envolve desde a separação dos “ingredientes” da receita, até a preparação e hora de servir. Avalie junto com o profissional que o acompanha, quais os momentos propícios para sua participação, para uns, a separação de frutas, para outros o corte e quem sabe sua parte será só na hora de servir? Consulte o terapeuta ocupacional do idoso e veja como implementar essa ideia de forma personalizada.

3 – Convide-o para uma sessão de cinema em casa:

Escolham juntos o filme ou alguns trechos. Sempre esteja atento a necessidade de “traduzir” o que está acontecendo. Uma conversa informal, sem cobranças. Não é um jogo onde ele precisa acertar, é um momento que você tem a oportunidade de fazê-lo falar, conversar.

4 – Resgate fotos de família:

Como é bom revisitar álbuns de casamento ou do próprio crescimento dos filhos! Convide o idoso para olhar fotos antigas com você, caso ele não lembre dos integrantes do retrato, comente apenas coisas gerais referentes ao que é visto, sobre o ambiente, o local e até horário da foto.

5 – Você pode chamá-lo para escrever cartas:

Existe algum parente distante ou familiar que se encontra viajando? Você pode tentar construir uma carta ou escrever um cartão postal afetivo para enviar ao familiar, quem for o destinatário com certeza irá adorar o presente.

Nesses dias de isolamento devido ao Coronavírus, lembre-se que não é indicado sair. Use do seu smartphone para fotografar a carta e enviar ao parente.

6 – Use jogos:
Alguns idosos apreciam momentos de atividades mais lúdicas e até competitivas. Use jogos para estimular e promover a interação do idoso com o ambiente. Confira uma lista de jogos recomendados para serem utilizados com idosos clicando aqui.

Lembre-se de higienizar sempre os materiais antes e após cada uso! E não descuida de lavar a mão e manter todas as recomendações de higiene nessa época de pandemia.

7 – Vamos escrever uma receita?

O idoso que você acompanha sabe cozinhar? Adora contar algumas receitas? Demonstre curiosidade por suas habilidades e pergunte o que ele mais gostava de cozinhar. Peça para que ele descreva a receita para que você possa reproduzir.  Se você anotar, isso demonstra ainda mais seu interesse. Outra possibilidade é ele anotar!

8 – Vamos ler um livro, revista ou até quem sabe um quadrinho?

Se o idoso sempre demonstrou interesse por leitura, incentive o hábito e escolha materiais de leitura curta e quem sabe ele não pode te contar o que encontrou de interessante em sua leitura?

9 – Planejar o dia em conjunto:

O que será que podemos fazer hoje? Você pode pedir sugestões e até direcionar a conversa, o importante é anotar as tarefas discutidas. Essas atividades devem ser pensadas para serem feitas no próprio domicílio (não descuide em se manter em casa durante essa pandemia!) e realizá-las durante o dia, reforçando que estas foram pensadas com ele.

Respeite sempre as atividades que já fazem parte da rotina do idoso. A ideia aqui é preencher espaços vazios demais que antes eram destinados a atividades fora de casa.

10 – Dona Maria, vamos montar um cardápio para o almoço de hoje?
Dona Maria pode ser uma “palpiteira de mão cheia” e sugerir um mega banquete para o almoço. O importante aqui é manter o cérebro ativo, fazendo com que ela evoque pratos de seu interesse e até os imagine e converse sobre o seu preparo em momentos célebres.

Gostou? Tem outras sugestões práticas? Deixa aqui nos comentários, quem sabe não publicamos sua sugestão?

Lembre-se que as orientações dadas aqui devem passar pelo olhar treinado de um terapeuta ocupacional que já acompanha o idoso. Esse profissional vai te ajudar com as atividades nesse período de quarentena tornando-as “úteis” ao cérebro  e à rotina nesse momento de prevenção.

Olha esse vídeo, ele também pode te ajudar nessa época!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.