Usando jornal para trabalhar atenção

5
3281

Oi gente, dia de terça é dia de dica de exercício, não é isso? Mãos à obra, então…

Hoje a sugestão é de usar um “objeto” que podemos encontrar facilmente na casa dos clientes: JORNAL. Aprendi a usar esse recurso na época em que fiz estágio no Hospital Universitário Oswaldo Cruz com a Dra. Roberta Padilha, o que foi um aprendizado e tanto… Como ela fazia?

1. Atividade de transcrição de trechos do Jornal.

Inicialmente, era pedido que o cliente lesse o trecho marcado pela terapeuta (um parágrafo ou dois), depois era dada uma folha (preferencialmente com linhas) e pedia-se que ele copiasse o texto.  O terapeuta usava uma régua, colocando-a na primeira linha (isso ajuda bastante!). Dependendo o nível do déficit cognitivo, o cliente conseguia manejar a régua durante a atividade (um desafio e tanto de concentração, não é?). Após terminada a cópia, a terapeuta lia o trecho do jornal enquanto o cliente (sob supervisão da profissional) conferia se estava tudo ok… e adivinha o que era comum?? palavras ou letras omitidas! Clientes com déficit de atenção e concentração tendem a ter esse padrão de desempenho. A conduta era estimular o cliente a perceber as omissões e tentar incluí-las no texto.

2. Atividade com palavras das manchetes ou do texto do Jornal.

Para clientes que o texto do Jornal é muito pequeno ou que a quantidade de informação é muita, mesmo com o destaque do trecho, uma alternativa é usar as manchetes ou frases com letras maiores que muitas vezes acompanham o título do matéria. Pode-se pedir ao cliente que destaque todas as letras que terminarem em vogal, por exemplo (como as da figura)… a “ordem” dada pelo terapeuta varia de acordo com o interesse do cliente, o nível intelectual, etc. Recentemente, apliquei essa atividade com uma cliente que está com uma dificuldade importante de atenção e memória recente e o resultado no final da atividade foi muito bom!! A cuidadora já está orientada e a partir daquele dia a leitura do Jornal começou a ser diferente: com uma companhia que é a cuidadora e com um objetivo que é ter uma atividade de estimulação cognitiva já de manhã.

P.S: Não usem um esmalte dessa cor da foto para atender! kkk Esse aí, é de final de semana. Não teria como trabalhar atenção de ninguém com um esmalte dessa cor, a não ser que o objetivo fosse olhar para a mão da terapeuta. =P . P.S 2: O esmalte é menos “fluor”do que parece… quem quiser a dica, depois dou. kkkk

Ana Katharina Leite

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

5 COMENTÁRIOS

    • KKKKK. Ri sozinha lendo teu comentário… #amocomentarios como esse!!! Bjooooo (Deixa tb eu confessar: amo quando usam hashtags; amooo Twitter!kkk).

  1. Oi!!Eu sou Terapeuta Ocupacional e trabalho em uma casa de repouso com reabilitação cognitiva…adoro…rsrs
    Tenho uma sugestão de uma atividade que também dá para fazer com jornal e revista
    O terapeuta pede para o paciente escolher uma reportagem curta (ao pedirmos que o paciente escolha o texto, ele escolherá um que seja de seu interesse, o que contribuirá para a atividade)
    Em seguida pede-se para o paciente ler em voz alta a reportagem e logo ao concluir a leitura, o mesmo deve escrever com suas palavras o que acabou de ler (assim trabalhamos memória de evocação, organização de pensamento, compreensão, atenção/concentração)
    Eu sempre realizo essa atividade, os resultados são muito bons!
    Ps1: adorei o site…estou lendo de cabo a rabo…rsrs
    Ps 2: adorei a cor do esmalte…que cor é??

Deixe uma resposta para Michelle Yuri Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.