Proteína que combate a Artrite pode reverter o Alzheimer

0
2792

A perda de memória causada por Alzheimer pode ser revertida por uma proteína produzida pelo organismo para combater a Artrite. Em alguns casos há reversão completa da disfunção de memória após o tratamento, afirmam os cientistas da Universidade de South Florida, que conduziram o estudo.

O nome da proteína é GM-CSF e está disponível comercialmente como Leukine, uma versão sintética da proteína usada atualmente em tratamentos contra o câncer.

Na pesquisa os cientistas usaram dois grupos de ratos, um saudável e outro com sintomas de Alzheimer, incluindo perda de memória. Metade dos camundongos foi injetado com GM-CSF, o outro grupo injetado com uma solução salina (placebo). Após 20 dias, os investigadores encontraram que a memória dos ratos injetados com a proteína tinha melhorado substancialmente, em comparação com camundongos tratados com o placebo.

Testes em camundongos mostram que a injeção desta proteína é capaz de estimular a remoção  dos depósitos deixados pela doença de Alzheimer no cérebro.

Professor Huntingdon Potter, um especialista em medicina molecular, envolvido no estudo da Flórida, disse: “Nossos resultados fornecem uma explicação convincente do porquê a artrite reumatóide é um fator de risco para a doença de Alzheimer“, de acordo com o Journal of Alzheimer’s Disease.

“Nós ficamos muito espantado que o tratamento tenha revertido a disfunção cognitiva em 20 dias”, disse Tim Boyd, que conduziu o estudo.

Pois é, pessoal, mais uma boa notícia!

Foto: Luiz Baltar

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.