Para Vestir: Dicas de tecidos e para o ambiente de Parkinsonianos

3524

Algumas informações podem ajudar no desempenho e aumentar a segurança das pessoas com Parkinson na hora do vestir. Vamos à elas?

Espelhos longos e bem posicionados!

Esse é um detalhe, mas que pode fazer a diferença. Pois é, pode ser útil um espelho longo  para favorecer a visualização de corpo inteiro de quem está se vestindo. Dessa forma, a pessoa será capaz de ver se a roupa está vestida adequadamente, evitando o constrangimento de sair com a roupa mal colocada ou a dependência de outra pessoa para supervisionar, ou melhor, checar se está “tudo em ordem”.

Escolha bem o tecido!!!!

Outro detalhe que faz a diferença é a escolha certa do tecido que pode trazer mais conforto e facilidade no vestir/despir. Tente uma variedade de roupas feitas de tecidos diferentes até achar algo que além de gostar, seja mais fácil de vestir e que se adeque ao clima da região.

Alguns tecidos que podem ser úteis são os naturais, como o algodão ou lã, esses são confortáveis para usar. A absorção é uma outra característica importante do tecido, caso a pessoa tenha problemas com o controle da saliva ou com o suor excessivo.

Tecidos sintéticos são mais baratos e, geralmente, são resistentes ao desgaste, mas alguns deles não ajudam o corpo a “respirar”, ou seja, não são bons para quem transpira muito.

Os tecidos de stretch podem ser mais fáceis de vestir, são muitas vezes confortáveis e podem dar maior liberdade de movimento. Malhas e tecidos que contém elastano ou Lycra podem ser úteis para vestir.

O peso e a textura do tecido também são importantes. Tecidos pesados, como jeans, limitam mais os movimentos. E, tecidos duros ou ásperos podem ser desconfortáveis se o cliente tende a passar muito tempo sentado.

Se o cliente tiver problemas para virar na cama, tecidos ‘escorregadios’, como cetim podem ajudar, mas lembrem-se que quando você está sentado eles favorecem o deslizamento e isso pode fazer escorregar para a frente na cadeira ou na cama.

Pensar sobre o nível de cuidados necessários com os vários tecidos pode ajudar você a escolher roupas que são mais fáceis de gerenciar. Tenha em mente que os tecidos naturais podem precisar de lavagem mais cuidadosa e os sintéticos podem ser de fácil manutenção, alguns sem necessidade de passar.

Considere também se o tecido vai manter o cliente termicamente confortável. Tecidos como o poliéster, lã e seda podem ajudar a manter quente, o que pode ser útil quando o clima é frio e o cliente tem mobilidade reduzida. Usar camadas de roupas também pode ajudar, assim como roupas acolchoadas. Já os tecidos naturais, como o algodão, pode ajudar a manter o cliente fresco, o que é necessário em climas quentes.

INTERESSANTE!!! Alguns tecidos são mais inflamáveis que outros, e isso pode ser algo a considerar se o cliente fuma ou cozinha com gás, por exemplo. Algumas peças de vestuário, tais como vestuário de noite, se adequam às normas de baixa inflamabilidade. Isso geralmente pode ser visto na etiqueta.

Fonte: Parkinson’s UK

Foto: Brian J Matis

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.