Pessoas com Alzheimer em fase avançada: veja como usar recursos simples para estimular!

1
6180

Captura de Tela 2014-05-02 às 10.00.43

À medida que a doença de Alzheimer progride, as atividades que profissionais e cuidadores utilizam precisam ser repensadas e adaptadas, sempre!!! Parar de estimular o cérebro da pessoa com Alzheimer não é uma alternativa, mas como estimular nas fases mais avançadas com tantos comprometimentos cognitivos e até físicos?

A resposta para a pergunta acima é: use os canais sensoriais!! Use e ensine quem está perto a estimular usando alguns recursos simples, como: a voz em tons e volumes diferentes; objetos que estão ao alcance de quem estimula e que pertencem ao contexto do cliente; música: escolher as significativas para o cliente é sempre ótimo!

Um vídeo curtindo, feito de forma “caseira”, vai mostrar como podemos usar desses recursos simples para estimular um cliente com Alzheimer em fases mais avançadas. No vídeo é usado um recurso infantil, que não é indicado, no geral, mas que pode ter um significado especial para a cliente, não sabemos…já no finalzinho, a terapeuta pega um teclado e vai tocar.

Vocês usam recursos sensoriais para estimular seus parentes e clientes com Alzheimer? Comenta e nos conta como você faz e o que você percebe. Se não, aproveite e comente suas percepções sobre este vídeo e a proposta de usar recursos simples para estimulação sensorial.

Ah, para quem cuida de pessoas com Alzheimer, temos a dica dos nossos cadernos para estimulação cognitiva Reab.me. São vários exercícios que usam da história da pessoa, dos interesses e de outros temas do cotidiano para estimular as habilidades cognitivas de maneira fácil. Para quem se interessou e quer saber mais: clica aqui.

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.