Livros de colorir pra adultos resgatam um cérebro mais saudável! Conheça aqui dois exemplares com essa proposta. 

2
6121

Pronto, tá na moda. Aliás, agradecemos aos céus por estar na moda! E a moda é: livros de colorir para adultos.

Certamente, eles têm feito tanto sucesso porque são funcionais no que diz respeito não somente aos benefícios cognitivos (atenção, concentração, etc) e de bem-estar (relaxamento), mas também porque tiram as pessoas de seus mares de estímulos estressores. Pois é…. vivemos em uma época que somos requisitados muito e ininterruptamente, seja pelo trabalho, pelas redes sociais e pelas demandas familiares mil que precisamos dar conta. E, nesse turbilhão eis que surge a água no árido deserto dos excessos que vivemos, uma dupla velha e bem conhecida: o lápis e o papel.

Além do lápis e do papel, uma tarefa simples: pintar, desenhar, colorir… uma tarefa que envolve cores e não telas cheias de brilho – me perdoe a tecnologia, e que requer minutos de calma, de absoluto desligamento de outras questões ao redor de quem possui o lápis e o livro de colorir nas mãos.

Acreditamos que essa “moda” trata-se muito mais de um resgate, de um conforto para um cérebro, afinal nossos neurônios também precisam da “calmaria” para se organizar e funcionar bem. Digamos que uma necessidade fisiológica se manifesta por meio do prazer em uma atividade “simples” como colorir.

Divulgamos aqui no Reab.me um material de 2013, um dos pioneiros no mundo (se não for “o” pioneiro): Secret Garden. Ele veio como indicação de uma leitora como recurso para o tratamento de funções cognitivas. Amamos e mandamos buscar um pelo Amazon. Alguns meses depois ele chega traduzido às livrarias e pronto: sucesso!

Depois disso, surgem as produções nacionais, como a que ganhamos da Coquetel, a Floresta Mágica, que só assina embaixo na certeza que existe demanda e que sim, é um sucesso. Outros desenhos, outro livro e mais cor e calma na vida das pessoas. 🙂

Resolvemos assim, mostrar aqui os 2 exemplares, o Secret Garden (internacional) e o Floresta Mágica da Coquetel. E aqui estão algumas considerações: 

– Ambos têm organização similar: desenhos para colorir e folha resposta no fim. Os  desenhos nos dois exemplares são preto e branco e precisam ser preenchidos, pintados.

– Ambos requisitam participação do leitor ao longo do livro de colorir: pedem que desenhos e cenários, além de coloridos, sejam completados e que determinadas imagens sejam encontradas. A folha de resposta no final do livro é justamente para mostrar onde estão os desenhos escondidos. O exemplar da coquetel requer até trechos de músicas, ou seja, escrever.

– O exemplar da Coquetel tem imagens maiores, com menos detalhes e folhas mais preenchidas pelos desenhos, o que favorece a quem busca pintar mais. O exemplar do Secret Garden tem desenhos menores e mais detalhados, delicados, o que pode levar mais tempo para a conclusão de alguns desenhos. Nele também as imagens nem sempre ocupam a folha inteira e os espaços dentro dos desenhos para pintar são menores, já que as imagens são mais detalhadas.

livros3

– Ambos foram pensados para pintura com lápis de colorir ou giz de cera. Nada de hidrocor!

– A gramatura das folhas do Secret Garden é maior, mas nenhum dos exemplares tem páginas frágeis à pintura.

E aí, já está pintando? 😉

Veja também: 

– Mandalas e outros desenhos para adultos: imprima e use!

Nossos cadernos de exercícios para estimulação cognitiva:

cadernos

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

  1. Acho muito bacana mesmo estes livros pra desestressar e pra amenizar um pouco a pressão do dia a dia, além de dar aquele sopro de ideias frescas na cabeça nas horas de travamento ou briefing fraco. Esses dias atrás tive a grata surpresa de conhecer um livro pra colorir Brazuca. O nome dele é Zumbi pra Colorir do Ilustrador Tiago Holsi: http://www.tiagoholsi.com.br são desenhos bem divertidos e “terapêuticos”para aqueles momentos tensos do dia a dia. Vale a pena conferir.

  2. […] ” Além do lápis e do papel, uma tarefa simples: pintar, desenhar, colorir… uma tarefa queenvolve cores e não telas cheias de brilho – me perdoe a tecnologia, e que requer minutos de calma, de absoluto desligamento de outras questões ao redor de quem possui o lápis e o livro de colorir nas mãos. Acreditamos que essa “moda” trata-se muito mais de um resgate, de um conforto para um cérebro, afinal nossos neurônios também precisam da “calmaria” para se organizar e funcionar bem. Digamos que uma necessidade fisiológica se manifesta por meio do prazer em uma atividade “simples” como colorir. ” Link do artigo […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.