Jogo de e com palavras #Atualizado!!!!

3
3044

A proposta de atividade de hoje requer de materiais:

– Um dicionário (que pode ser substituído por cartões com palavras do cotidiano do cliente previamente selecionadas pelo terapeuta; se o cliente domina outra língua, pode-se trabalhar com ela – ah, o terapeuta tem que saber também, né?);

Cartões com as “ordens“: Diálogo; História; Significado; Sinônimo e Antônimo.

A atividade consiste em escolher aleatoriamente no dicionário uma palavra (ou puxar um dos cartões de palavras do cotidiano confeccionado) e, em seguida, puxar o cartão com a “ordem”, que dirá o que o cliente deverá fazer com aquela palavra. Por exemplo: a palavra sorteada foi “ventilador” e o cartão puxado pelo cliente tem a “ordem” significado, logo o cliente deverá explicar o que é um ventilador.

Recomendamos que ao utilizar o dicionário o terapeuta retire o cartão “ordem” que pede o significado, uma vez que o cliente poderá escolher aleatoriamente a palavra e ler seu significado antes de pegar o cartão que dirá o que fazer com a palavra.

P.S: Estão gostando do #JaneiroDeExercícios? Espero que sim!! Tem gente até sugerindo temas pelo twitter (@reabcognitiva – quem tem Twitter dá um follow aí! kkk) e você pode ser mais um!

Foto: greeblie

——————–

A Denise Cavalcanti, terapeuta ocupacional, acrescentou a seguinte sugestão para a atividade acima:

Adorei a dica da atividade de hoje e acabei de ter uma idéia de uma atividade que pode ser acrescentada a essa do dicionário e ser mais explorada, por exemplo: podemos pedir para o idoso escolher a palavra no dicionário como vocês sugeriram ou nos cartões  e além do significado podemos pedir mais detalhes da palavra tais como:
Definição da palavra  Misericórdia

Classe gramatical de misericórdia: Substantivo feminino
Separação das sílabas de misericórdia: mi-se-ri-cór-dia
Plural de misericórdia: misericórdias
Possui 12 letras
Possui as vogais: a e i o
Possui as consoantes: c d m r s
Misericórdia escrita ao contrário: aidróciresim

Bem, acabei de pensar ainda e não fiz com nenhum paciente, claro que temos que adaptar ao nível cognitivo de cada um. Espero que seja útil, se tiver alguma dúvida posso elaborar melhor, é que fiquei empolgada e quis mandar logo.

 

 

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta para Liliana Rodrigues Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.