Iniciada campanha contra os andadores para bebês

2
2909

A Sociedade Brasileira de Pediatria começou uma campanha contra o uso de de andador para bebês. Bem, a campanha pelos médicos foi iniciada essa semana, mas eu saí da Universidade Federal de Pernambuco em 2006 e sabia muito bem que o famoso “andajá” era “condenado” por ser uma influência negativa no desenvolvimento da criança.

A campanha dos Pediatras alerta sobre o risco de acidentes.

Para quem ainda não leu sobre a atual campanha da Pediatria, lá vai:

 Vídeo:

TV Sergipe

Matérias:

Unimed

UOL

Ah, gostaria que os reabilitadores de plantão se posicionassem: acidente é o único malefício do andador????

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

  1. e eu já escutei alguns pais dizendo que os médicos aconselham.. Agora vai você, “mera” terapeuta ocupacional, debater com a mãe dizer que atrapalha o desenvolvimento e ela continuar batendo o pé, dizendo que o MÉÉÉÉDICO disse que era bom pro bebê..

    Vai muito além dos acidentes… a criança não vai aprender a se proteger de quedas, o andador tá sempre segurando ela! A marcha na ponta do pé, a força “minima” que eles precisam fazer pra andar, o músculos que ficam contraídos, dependendo do tempo que a criança fique lá, quem sabe até encurtamentos… Fora que, geralmente, os pais colocam a criança no andador antes que ela ande, então, a criança fica sem experiencia no chão, nada de engatinhar e explorar o ambiente, experiencias sensoriais….. é tanta coisa que se a gente for listar… não acaba nunca!!!!

  2. Olá! Primeiramente gostaria de parabenizar o site que é ótimo, para informar, atualizar, nos alimentar de novas e maravilhosas idéias! Excelentes conteúdos, com clareza e seriedade! Parabéns…… e muito sucesso a todos da equipe!

    Bom, quanto ao uso do andador, o meu TCC realizado em 2006, teve como objeto de estudo, bebês de 9 e 10 meses estando em andadores e depois no solo, para que fosse observado o quanto o andador limitava o brincar. O resultado foi incrível, pois no andador, o bebê teve seus movimentos exploratórios reduzidos, bem como seu interesse em brincar (após tantas tentativas frustradas de alcançar o brinquedo que estava fora do andador). O andador impede as trocas posturais, bem com a distribuição de peso em várias partes do corpo. Além de apresentar outros fatores limitantes do brincar. Foi um estudo bem legal, pois sabemos o quanto o brincar é importante para o desenvolvimento. Realmente, não é só pelos riscos de acidentes que o andador é prejudicial para os pequenos!
    Um grande beijo

    Marina Ornelas
    Terapeuta Ocupacional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.