Headpod: sistema que ajuda controle da cabeça

1
3502

Passeando pela net encontramos um dispositivo de tecnologia assistiva que ajuda no controle da cabeça para pessoas com hipotonia (pessoas que não possuem “tensão” muscular suficiente para manter a cabeça ereta de forma independente): Headpod.

Com o Headpod a pessoa pode manter a cabeça sem limitar os movimentos, permite movimentos de rotação, ou seja, virar a cabeça para um lado e para o outro.

Para quem quiser saber mais, aqui está o site oficial do Headpod: http://www.headpod.com/es/

Gostaram???
Conhecem algum dispositivo que deveríamos mostrar aqui aos profissionais e familiares que nos acompanham? Mande email para contato@reab.me ou deixe um comentário.

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

1 COMENTÁRIO

  1. Cara Ana Leite, você já teve a experiência de usar o Headpad para posicionar a cabeça de crianças com paralisia cerebral e baixa visão?
    Sou Fisioterapeuta do Setor de Baixa Visão Infantil do Hospital São Geraldo – HC – UFMG.
    Temos algumas crianças sem controle de cabeça e baixa visão que utilizam apenas o campo visual superior, o que é um problema na escola. Não conseguem flexionar a cabeça para ver objetos na mesa, o que seria feito normalmente por uma criança sem alteração neurológica. Assim, precisam que alguma pessoa segure a cabeça fletida, enquanto outra faz as atividades com ela, o que é inviável.
    Você tem alguma sugestão?
    Grata,
    Luciana Rossi

Deixe uma resposta para Luciana D. F. Rossi Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.