Faça com sua boca! Atividades sensoriais usando sopro e controle da respiração

2
23511

Que tal sugestões de atividades sensoriais rápidas?  Claro que não estamos aqui para dizer o que trabalhar na terapia sensorial, mas para mostrar opções que podem casar perfeitamente com seus objetivos. Um padrão diferente de respiração ou quem sabe manter a criança na mesa por um tempo? O objetivo quem pensa é você.

gum

Vulcão de bolhas. Encha um pote com cerca de ½ litro de água. Adicione alguns esguichos de detergente de lavar louça e pronto!! Em seguida, basta entregar à criança um longo canudo… o resto você já entendeu: soprar, soprar e soprar! O ritmo, a intensidade, a duração é com o terapeuta! Para dar o “efeito vulcão” é  necessário continuar soprando até que as bolhas esborrem do pote. Esta também é uma atividade divertida para as duas crianças fazerem juntas. Uma estratégia para incentivar é colocar brinquedos no pote e pedir que eles sejam cobertos pelas bolhas do vulcão!!!

Linguarudos. A famosa língua de sogra todos conhecem, certo? Aquele brinquedo popular em festa de aniversários que parece um apito, mas quando se sopra nele surge uma “língua” (tardinha das sogras, né? Nem todas são linguarudas… pq esse nome?). A brincadeira é a seguinte: as crianças se transformam em animais (sapos, lagartos..) e usam de suas ‘línguas’ para derrubar os números, letras ou outros alvos.  O terapeuta pode explorar as posições sentado e deitado para explorar movimentos da criança e tornar a brincadeira dinâmica.

Decore com canudos. O terapeuta ou a criança criam uma imagem básica, como por exemplo uma árvore. Pode-se cortar maçãs pequenas que irão decorar a árvore. O diferencial dessa atividade é usar um canudo para “pegar” as maçãs, sugando-as e mantendo-as  ara depois colocarás em pontos de cola que estão na árvore. Essa atividade promove controle da respiração e muita atenção.

Sopre os miolos. Um brinquedo que você pode confeccionar com um copo, uma liga, filó, bolinhas de isopor e papel ou eva para fazer os detalhes da cabeça do Frankstein. O básico para a cabeça você vê nesta imagem:

DSC01610

No mais, é fazer os detalhes da cabeça e do rosto!! Depois da cabeça pronta, é só soprar e soprar!

Outras dicas para estimular através da boca:

Chiclete!! É ótimo para manter o foco nas atividades na mesa e o grupo calado.

Bolinhas de sabão!! Ação e reação com uma festa em formato de bolinhas. Ah, e você ainda pode fazer essa atividade em grupo: um sopra e os outros estouram as bolinhas.

Flauta!! A reação a ação de soprar desta vez é o som.

Laranja / Citra Sipper : Este pequeno grande item é preso em uma laranja e , em seguida, a criança suga o suco da laranja. Fornece grande “trabalho pesado” para os músculos dos lábios e bochechas . Disponível em muitas lojas de laranja na Flórida, ele também pode ser encomendado a partir da Flórida por Mail.

Sopre Pipes de corda : Enquanto assobios de vários tipos contribuir oral, eu realmente gosto de os tubos de cordas. Eles são tranquilos e exigem fôlego sustentado para manter o movimento string. Disponível a partir Disfagia Plus.
Curly Canudos : O trabalho extra envolvido em beber por um longo , encaracolado , louco palha é uma ótima maneira de incorporar a atividade regulatória em carne e lanche tempo.
Da próxima vez que você precisa de uma “solução rápida” para o seu filho , lembre-se que uma atividade sensorial oral, pode ser uma ferramenta eficaz para ter em sua caixa de ferramenta sensorial.

AVISO IMPORTANTE: ESSES EXERCÍCIOS DEVEM SER FEITOS por pais e cuidadores apenas SOB ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL, especialmente quando a criança apresenta disfagia.

Fonte: http://special-ism.com e nossas ideias! kkk

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.