Entenda a relação da cognição com a Terapia Ocupacional e como esse profissional pode ajudar mediante dificuldade?

41

Como o terapeuta ocupacional ajuda quem tem disfunção cognitiva, ou seja, problemas de memória ou outras habilidades cognitivas?

Para compreender essa relação e o que respalda o terapeuta ocupacional até ele chegar nas estratégias de intervenção – para ajudar a pessoa com disfunção cognitiva – separamos informações da Associação Americana de T.O:

Terapeutas ocupacionais por meio do uso de ocupações e atividades, facilitam o funcionamento cognitivo dos indivíduos para melhorar o desempenho ocupacional, a autoeficácia, a participação e a qualidade de vida percebida.

A cognição é essencial para um desempenho eficaz em uma ampla gama de ocupações diárias, como trabalho, atividades educacionais, administração doméstica e jogos e lazer. A cognição também desempenha um papel fundamental no desenvolvimento humano e na capacidade de aprender, reter e usar novas informações em resposta às mudanças na vida cotidiana.

A teoria e a pesquisa da terapia ocupacional apóiam o princípio de que a cognição é essencial para o desempenho das tarefas cotidianas.

A preparação educacional dos profissionais de terapia ocupacional e o foco no desempenho ocupacional são baseados na compreensão da relação entre os processos cognitivos e o desempenho nas ocupações da vida diária. Esse entendimento está de acordo com a perspectiva disciplinar da terapia ocupacional que enfatiza o envolvimento nas ocupações desejadas do cliente como meio de promover o funcionamento cognitivo e o desempenho ocupacional.

A ocupação é entendida como o meio e o fim da intervenção da terapia ocupacional.

A participação em ocupações melhora o funcionamento do cliente em áreas como a cognição, a melhoria que leva a uma maior participação nas atividades diárias desejadas. Os profissionais de terapia ocupacional administram avaliações e intervenções que enfocam a cognição enquanto ela
relaciona-se com a participação e desempenho ocupacional.

Além disso, os profissionais de terapia ocupacional acreditam que o funcionamento cognitivo só pode ser compreendido e facilitado totalmente dentro do contexto do desempenho ocupacional.

Essa compreensão da relação entre o cliente, seus papéis, ocupações diárias e contexto torna a terapia ocupacional uma profissão que é exclusivamente qualificada para lidar com déficits cognitivos que afetam negativamente a experiência de vida diária do indivíduo.

Os profissionais de terapia ocupacional podem escolher entre uma gama de intervenções que usam o envolvimento nas ocupações e atividades desejadas do cliente, com foco nos resultados baseados na função.

Progresso considerável foi feito na última década no avanço do conhecimento da cognição e na identificação de estratégias eficazes de reabilitação.

Vamos falar mais sobre isso!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.