Doença de Parkinson: Possibilidades de Intervenção do Terapeuta Ocupacional

0
5

A Doença de Parkinson (DP) é uma das enfermidades neurodegenerativas mais prevalentes na população em processo de envelhecimento e sua incidência aumenta com a idade. O impacto funcional da DP é visível desde as fases iniciais da doença, necessitando do acompanhamento de uma equipe multidisciplinar na qual o terapeuta ocupacional deve fazer parte.

Em comemoração ao mês mundial da DP lançamos uma série de quatro pequenos vídeos conversando sobre possibilidades de intervenção do terapeuta ocupacional que trabalha na perspectiva do Modelo de Ocupação Humana, com enfoque neuropsicológico.

No primeiro vídeo, conversamos sobre os déficits na cognição social (mais especificamente na formação da Teoria da Mente), e os desdobramentos negativos desse déficit nos relacionamentos interpessoais.

 

No segundo vídeo, comentamos sobre as alterações do sono presentes na maioria das pessoas com a DP, a relação de mão dupla com a qualidade do cotidiano e como o terapeuta ocupacional pode contribuir melhorando essa relação a partir da organização da rotina com o olhar voltado para o equilíbrio ocupacional.

 

No terceiro vídeo, abordamos os principais déficits cognitivos causados pela depleção da dopamina e apresentamos estratégias compensatórias para favorecer a performance ocupacional e ativar o sistema de recompensa, contribuindo assim, para melhorar os níveis de dopamina no cérebro.

 

Por fim, no quarto vídeo, tratamos do impacto da rigidez na execução das atividades significativas no cotidiano e lembramos a importância de trabalharmos atrelados a estratégias metacognitivas e à organização do ambiente.

 

Esperamos que vocês gostem! E fica o convite para conhecer o instagram da @reato.to2.

Autora: Ana Luiza Rodrigues da Costa Terapeuta ocupacional formada pela UFPE em 1985. Mestre em Serviço Social pela UFPE (2004), sócia e diretora clínica da REATO – Reabilitação em Terapia Ocupacional. Instagram: @reato.to2 | atendimento@toreato.com.br

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.