Dicas de brincadeiras para estimulação sensorial auditiva

4
20264

 

Segue abaixo uma relação de algumas dicas que ajudar seu filho ou paciente na estimulação sensorial auditiva:

  • Os balões são curingas. Adoro brincar com os balões, pois ajuda muito no engajamento. Você pode encher o balão e soltar no ar, ele faz uns giros e ruídos engraçados, eles amam. Outra dica é enchê-lo e colocar em algumas partes do corpo, nomeando e soltando o ar aos poucos. Recentemente, descobri outra forma muito divertida de brincar com balões que é sucesso total. Mas falarei sobre isso em outro momento.
  • Você pode “criar” um alto-falante com rolo de papel higiênico. A experimentação dessa acústica produzida chama bastante atenção.
  • Aproveite as vocalizações que a criança faz ritualisticamente e transforme em canto. Mude a tonalidade e as vogais. Acredite eles acompanham.
  • Trabalhe intensidade com os instrumentos, com movimentos suaves e movimentos rápidos. Ou use bolinhas com guizos e compare com as que não têm, para dar a noção do que produz som e do que não produz.
  • Cante canções que estimulem o uso do movimento, associando a ação com a palavra. Exemplo: Palma, palma, palma; Pé, pé, pé…
  • Brinque de esconde-esconde. Use lenços transparentes. Esconda objetos. Brincadeiras de “achou”.
  • Estimule a audição de seu filho. Faça brincadeiras para descobrir o som. Por exemplo, grave sons de animais, objetos e natureza, coloque-o para ouvir e use da discriminação visual (pode ser objeto, animais de brinquedos ou figuras). Incentive seu filho a apreciar música de qualidade.

Espero que gostem das dicas!

autora/fonte: Michele Senra do blog Musicautista

 

 Vocês tem algo a acrescentar? Alguma dica que pode ser inclusa nesta lista da Michele? Comenta! 

 

Outros posts que podem te interessar:

– Dicas para pais: musicalizando crianças com transtornos

– Puzzles Musicais: aplicativo com quebra-cabeça de instrumentos musicais!

– Puzzles Musicais: aplicativo com quebra-cabeça de instrumentos musicais!

 

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

4 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde, Dr.a Ana Leite. Vivo em Portugal, Madeira mais precisamente, e, gostei da sua intervenção no CONAZ. Bom. Trabalho com vários pacientes de Alzheimer. Pode enviar algumas dicas para melhorar o desenvolvimento cognitivo.

    Grato pela sua compreensão,

    Énio Gomes
    Ph.D.

  2. Olá Ana! Meu filho tem transtorno de processamento sensorial e a questao auditiva é problemática no momento do canto PARABÉNS e quando as pessoas gritam posteriormente. Assim como quando alguém fala ao microfone. A técnica do balão descobri esta semana, foi muito bacana. Se pudesse dar algumas dicas agradeço de coração.

    • Oi Ju, tudo bem? Seria interessante você buscar um Terapeuta Ocupacional com Integração Sensorial, ele irá criar estratégias para minimizar alguns desses itens descritos.
      Além de tudo, continue visitando nosso site, estamos sempre atualizando com dicas e mais informações. Abraços, Equipe Reab.me

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.