Dia 29 de Outubro: Dia Mundial do AVC. Você sabia?????

0
2725

Pois é, temos dia para tudo, até dia para lembrar de uma condição que é o medo de muitos (todos??). Hoje é dia 29 de Outubro, dia Mundial do AVC, dia escolhido para lembrarmos que essa condição exige atenção, ou melhor, prevenção!!

No Brasil o AVC é a primeira causa de morte e incapacidade, com um enorme impacto econômico e social.

Desde o dia 23 de Outubro muitas cidades do Brasil tiveram várias ações para esclarecer a população como prevenir e tratar o AVC. Pegando carona nas informações da ONG Rede Brasil AVC fiquem atentos:

1. Conheça os seus próprios fatores de risco: hipertensão arterial, diabetes e colesterol alto.
2. Seja fisicamente ativo e exercite-se regularmente.
3. Evite a obesidade, mantendo uma dieta saudável.
4. Limite o consumo de álcool.
5. Evite o fumo do cigarro. Se você fuma, procure ajuda para parar agora.
6. Aprenda a reconhecer os sinais de alerta de um AVC.

Para conhecer os sinais do AVC clique aqui e leia o post da Rede Brasil AVC.

Aqui em Recife temos atendido clientes com déficit cognitivo decorrente do AVC. Pedimos a uma dessas pessoas, a queridíssima Michele, que fizesse um depoimento para esse dia especial. Vamos divulgar para vocês hoje o início desse testemunho que mais uma vez no mostra que com qualquer um pode acontecer, o que nos deixa a certeza que todos nós precisamos nos cuidar.

“Meu nome é Michele, tenho 30 anos, sou pedagoga. Eu era uma pessoa normal, levando uma vidinha tranquila, diria até que medíocre (muito trabalho e pouca diversão). Até que um dia, após 4 meses de casada meu mundo veio ao chão. Depois de um dia tranquilo de praia com caldinhos e muitas gargalhadas ao lado de bons amigos, meu mundo mudou. E eu ainda não tinha ideia do quanto….

No dia 13 de novembro de 2011 eu estava sentada assistindo TV na casa da minha sogra e senti um frio misturado com um aperto no peito (algo parecido com a sensação de subir e descer algo muito rápido..). Meu coração havia soltado um trombo e este fora parar no meu cérebro. Comecei a sentir um calor e muita dor na nuca. Eu estava tendo um AVC I (AVC Isquêmico) Meu marido me fala que estou tendo um derrame, mas eu? Logo eu? Com 29 anos ? [….]”

O depoimento de Michele não para por aí, mas a principal mensagem acho que todos entendemos: ninguém está imune, todos precisamos nos cuidar.

Imagem: Alexis Tejeda

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.