Banheiro seguro é banheiro adaptado. Veja como deve ser!

2
4228

O banho é uma das maiores preocupações para as famílias que precisam lidar com pessoas que não têm independência nas atividades diárias.

O banheiro é um dos lugares mais perigosos do casa por suas superfícies molhadas e também pelo espaço que na maioria dos lares não é grande o suficiente para duas pessoas se locomoverem. O banheiro é um dos espaços da casa onde as pessoas mais caem e que mais apresentam barreiras arquitetônicas.

Para ter acessibilidade e segurança nesse espaço é necessário:

Piso antiderrapante e sem desníveis tanto nas áreas secas quanto nas molhadas. Muitas vezes, encontramos um desnível importante entre os pisos do box e do resto do banheiro, ou uma barreira imposta pelo trilho do box.

Bacia com altura regulável e barras de apoio.

Localização e altura adequada do papel higiênico.

Espelho com altura regulável.

Área do chuveiro que permita circulação e transferências.

O assento  na área do chuveiro, de preferência com orifício perianal e também braços dobráveis para facilitar o transporte. 

 Não possuir box ou cortinas. Não é o ideal ter qualquer barreira que impeça a locomoção do cuidador ou do paciente.

Pias sem armários embaixo. Isso facilita a aproximação.

Torneiras fáceis de mexer. A depender do caso, as de alavanca são as mais indicadas.

Essas são algumas das soluções muito úteis que podem ser adotadas quando há espaço. Deve-se pensar que a pessoa com deficiência e o cuidador estejam em um ambiente que apoie a atividade com o mínimo de trabalho. Em suma, a soma de alguns destes elementos proporciona melhoria de acessibilidade,  autonomia e qualidade de vida para as pessoas com deficiência.

Selecionamos um vídeo da Unidade de Lesão Cerebral do Hospital Aita Menni (Espanha).

Esse hospital possui uma casa adaptada com o objetivo de instruir seus pacientes de lesão cerebral para que eles possam continuar com suas atividades diárias da forma mais independente possível.

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa Tarde, Ana !

    Gosto muito dos suas publicações aqui no reab, porém todas as vezes que clico em links de posts complementares ao assunto ao final de alguma delas não consigo acesso. Sempre aparece o nome do site, links relacionados e aquisição de um domínio..! O que isso significa ? Gostei muito dos assuntos dos links complementares deste post, gostaria de acessá-los.

    Grande agraço!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.