Baixe o Relatório Global sobre Ageismo ou Etarismo!

0
2

Hoje foi o lançamento do Relatório Global sobre Ageísmo (ou Etarismo, como é o termo mais usado em português). O relatório faz parte da campanha global para combater o ageismo, ou seja, o preconceito com a idade. O tema é de muita importância, porém apesar de sua natureza generalizada (porque é bastante comum) e impactos prejudiciais, o preconceito etário ainda carece de uma base de conhecimento sólida de pesquisas dedicadas, informações, dados desagregados e análises sistemáticas de tendências. Assim, este relatório global sobre preconceito de idade preenche essa lacuna e ressalta a necessidade de adotar uma abordagem baseada em direitos com visão de futuro que aborde as estruturas sociais, legislativas e políticas subjacentes que apoiam suposições de longa data sobre “idade” ao longo do curso de vida.

O lançamento contou com a presença de especialistas e profissionais que compartilharam suas experiências e, alguns, as ações desenvolvidas com sucesso em pró do Envelhecimento Saudável (que inclui o combate ao ageísmo), como é o caso de Pequim.

Para quem tem interesse no tempo, o link do relatório completo está aqui. O documento traz muitos aspectos relacionados ao Ageísmo.

A importância do tema é clara porque o preconceito de idade é difundido em instituições, leis e políticas em todo o mundo. Isso prejudica a saúde e a dignidade individuais, bem como as economias e sociedades em geral. Isso nega às pessoas seus direitos humanos e sua capacidade de atingir seu pleno potencial.

Em relação aos idosos, a pandemia de COVID-19 teve um impacto devastador sobre os idosos. A solidariedade entre gerações deve ser fundamental nos esforços de recuperação. Os idosos também deram contribuições importantes para a resposta à crise, como profissionais de saúde e cuidadores idosos que estão ajudando no enfrentamento e cuidados a quem precisa.

Segundo o relatório, lidar com o preconceito etário é fundamental para criar um mundo mais igual no qual a dignidade e os direitos de cada ser humano sejam respeitados e protegidos. Isso está no cerne da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, o plano mundial acordado para a construção de um futuro de paz e prosperidade para todos em um planeta saudável.

Vamos ler, aprender e conversar muito ainda aqui no reab (e, em nossas redes, sobre Ageismo).

Se você quiser ler mais:

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.