Atividade para idosos: Como usar o calendário para manter o idoso atento as datas?

0
16

A primeira coisa que você tem que ter em mente é que as “coisas” que preenhem o dia de um idoso com demência ou que precisa de cuidados especiais é também uma “fonte de atividades”. Neste post você vai entender porque usar  e como usar o calendário no cotidiano do idoso.

Você sabia que a “orientação temporal” faz parte das funções mentais? Segundo o documento “Domínio e Processos da Terapia Ocupacional” trata-se muito além de “saber a data de hoje” mas sim uma subcategoria das funções do corpo que envolve a orientação da pessoa, lugar, tempo, para si mesmo e para os outros.

O calendário é uma ferramenta poderosíssima que quando bem utilizada. Se inserida na rotina do idoso pode ser capaz de fazer com que ele sempre esteja ciente da data, mês, ano e acontecimentos importantes em sua rotina de acordo com cada mês.

Por exemplo, ao olhar o calendário o idoso vai sempre estar ciente de seus compromissos e não será pego de surpresa, como por exemplo, uma consulta médica, a visita de um profissional a sua casa ou até o aniversário de um neto, para planejar e reservar um momento do dia para enviar as felicitações.

Mas como eu devo usar o calendário?

Caso você não tenha aqueles tradicionais calendários entregues no final do ano, busque calendários prontos na internet. Basta colocar em sua barra de pesquisa a palavra “calendário” e depois “o ano e o mês que você está procurando”, por exemplo, “calendário fevereiro 2021”.

Esteja atento aos detalhes, às vezes aqueles calendários que recebemos não são de fácil visualização porque têm “muitos estímulos”. Não tão interessantes alguns formatos como aqueles com propagandas ou com todos os doze meses em apenas uma folha. Isso pode dificultar o uso do material, então priorize calendários mensais com as seguintes informações: mês, ano, dias da semana e suas respectivas datas.

Caso você precise imprimir, busque calendários com uma resolução que garanta a qualidade na hora da impressão. Busque imprimir sempre na horizontal, preenchendo completamente a folha de ofício padrão (A4).

Mas como eu devo usar o calendário para garantir que o idoso vai entender o dia em que ele está? Vamos às principais dicas!

Escolha o lugar onde o calendário ficará:
É importante que o calendário seja fixado em um local de fácil acesso e visualização para o idoso, escolha locais que ele costuma ficar por mais tempo ou onde ele realiza suas atividades de estimulação.

Separe uma caneta:
Deixe sempre um marcador (de preferência um piloto vermelho) para que ele utilize para marcar os dias.

Inclua a visualização e marcação na rotina:
É importante que o uso do calendário torne-se um hábito para ser ainda mais efetivo, para isso adote dois principais momentos do dia para a marcação (ao acordar e antes de deitar-se). Faça assim, ao acordar utilize um círculo para marcar o dia em que ele está e antes de dormir peça que ele faça um “X” por cima do círculo para demarcar que o dia já se passou.

Vai ficar assim:

Lembre-se de sempre personalizar o calendário com as datas importantes para aquele mês. Caso fique com alguma dúvida sobre a importância desse uso/usabilidade, procure o suporte de um terapeuta ocupacional.

Gostou? Usou? Compartilha no instagram e nos marca usando @reabme

Leia mais sobre:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.