Aprenda a confeccionar adaptações para escrita com "ligas" de cabelo

5
3821

Muitas vezes vemos na internet vários tipos de adaptações para escrita e ficamos sonhando como seria bom encontrá-los facilmente aqui. Além de sonhar, o que muitos fazem é tentar confeccionar as adaptações. Confeccionar tem um ponto bastante positivo que é atender a dificuldade específica daquela pessoa (o que muitas vezes as adaptações comercializadas não podem fazer), mas sabemos que podem existir pontos bem negativos também: o acabamento, a durabilidade, o visual…

Vamos mostrar aqui hoje um vídeo (em inglês, mas com imagens muito boas mesmo para quem não entende) com adaptações comercializadas e, o mais legal, com uma adaptação confeccionada com ligas que, segundo o pessoal do The Therapy Group, é muito boa e, provavelmente, a preferida deles.

Prontos para aprender??

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

5 COMENTÁRIOS

  1. Bárbaro! Adoro coisas “faça você mesmo”!
    Era tão bom que reuníssemos todas as adaptações que inventamos nos atendimentos! Existem umas universais mas há aquelas que demos um jeitinho para servir à pessoa que atendemos.
    Valeu, Ana!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.