Afasia: definição, diagnóstico e tratamento

2
14895

A afasia é um distúrbio da linguagem que afeta a produção ou a compreensão da fala e da habilidade de ler ou escrever.  A Afasia é resultado de uma lesão no cérebro, mais comumente resultado de um acidente vascular cerebral, mas também pode ocorrer em decorrência de traumatismo craniano, tumores cerebrais ou de infecções.

A afasia pode ser tão grave a ponto de comprometer a comunicação, tornando-a impossível, ou pode ser muito leve. Pode afetar um único aspecto: como a habilidade para recuperar os nomes dos objetos, a habilidade de juntar as palavras em frases ou a habilidade de ler. No entanto, o mais comum é que vários aspectos da comunicação sejam prejudicados.

Tendo em vista que o comprometimento da linguagem pode ocorrer de formas distintas, a Afasia pode ser:

– Afasia global

Esta é a forma mais grave de Afasia. Os pacientes podem produzir algumas palavras reconhecíveis e não entender nada ou muito pouco do que lhe é dito. Pessoas com Afasia Global, geralmente, tem toda a linguagem comprometida: não conseguem ler ou escrever, a compreensão do que as pessoas dizem e a fala estão seriamente comprometidas.

– Afasia de Broca (também chamada de Afasia não fluente ou Afasia Motora)

Nesta forma de Afasia existe dificuldade em falar, porém a compreensão da linguagem encontra-se preservada. As pessoas com Afasia de Broca conseguem ler, mas a escrita está comprometida. A produção da fala nesse tipo de Afasia está severamente reduzida e é limitada principalmente a declarações curtas de menos de quatro palavras.

– Afasia de Wernicke ( ou Afasia fluente)

Na Afasia de Wernicke a capacidade de compreender o significado das palavras faladas está prejudicada, mas existe facilidade de produção de fala (mesmo que esta faça pouco sentido). Muitas vezes, a leitura e a escrita estão severamente prejudicadas.

– Afasia Anômica 

Existe também a Afasia Anômica, uma incapacidade persistente de  nomear de forma correta objetos, pessoas, locais ou acontecimentos. Quem tem esse tipo de Afasia entende e fala bem, e na maioria dos casos, lê adequadamente. A dificuldade consiste em encontrar palavras, e é tão evidente na escrita como na fala.

Além das formas anteriores de comprometimento da linguagem, há muitas outras combinações possíveis de déficites que não se enquadram exatamente nas categorias citadas. Assim, você pode encontrar outros tipos de Afasia. Você sabe algum outro tipo? Comente e compartilhe a informação!

Alguns dos componentes de uma complexa síndrome de Afasia também podem ocorrer isoladamente, como nos transtornos que afetam a leitura e a escrita (alexia e agrafia).

Quanto ao diagnóstico:

O diagnóstico da Afasia começa pela avaliação sensorial, uma vez que a deficiência auditiva pode interferir no processo de comunicação. No que diz respeito a Afasia, o diagnóstico pressupõe avaliação da capacidade de compreensão e de expressão do paciente.

O tratamento:

O tratamento da Afasia é realizado por uma equipe que conta com um profissional de Fonoaudiologia que estimulará as capacidades da linguagem oral e escrita através de exercícios. Outros profissionais, como o psicólogo e o  terapeuta ocupacional podem fazer parte do processo de reabilitação do paciente com Afasia.

O terapeuta ocupacional pode ajudar na prescrição e treino de Tecnologias Assistivas para Afasia.

O médico neurologista que acompanha o paciente pode fazer uso de medicações que ajudarão no processo de reabilitação da linguagem nos casos de Afasia.

Dicas!!!

Enquanto a linguagem não é restabelecida, o paciente com Afasia pode fazer uso de estratégias para se comunicar de maneira eficaz. Desenhos, gestos ou escrita podem ajudar na comunicação. O mais importante é que a pessoa com Afasia não desista de se comunicar!

Uma dica importante é deixar que a pessoa tenha o tempo que precisar para se comunicar, não deve-se ter pressa, o importante é que haja comunicação.

É importante que a pessoa com Afasia:

* Procure ajuda. Nunca é tarde demais para se beneficiar da terapia fonoaudiológica.

* Procure colegas que entendem  a Afasia e que podem prestar apoio e informações.

* Participe de um grupo de pessoas que enfrentam a mesma dificuldade. (Você conhece algum grupo?? Comente!!).

Tem mais alguma coisa que você queira acrescentar sobre esse tema?? Comente!!

________________________

Gostou do post? Clica no botão do Google Plus (Google +1)  aí embaixo e avisa ao google que esse post é de qualidade!! Assim você estará nos qualificando e garantindo ainda mais qualidade no site.

Vamos ganhar esse clique valioso?? Obg!! =)

Ah, para os fãs de Facebook que querem espalhar o post “por aí” é só clicar e compartilhar! 

_____________________

Fonte: aphasia.org
Imagem: Darwin Bell

 

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

  1. Afasias Fluentes:
    Afasia de Wernicke;
    Afasia de Condução;
    Afasia Transcortical Sensorial;
    Afasia Anómica.

    Afasias Não Fluentes:
    Afasia de Broca;
    Afasia Transcortical Motora;
    Afasia Transcortical Mista;
    Afasia Global.

    Outros quadros de afasia:
    Afasia Cruzada
    Afasias subcorticais (que podem ser dos gânglios da base ou talâmicas)
    Afasia progressiva primária

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.