Manual da Depressão: a primeira grande lição

2
3633

Esse é o post inicial de uma série que queremos fazer para ajudar a pessoa com Depressão e sua família. Neste post vamos falar da primeira grande lição que todos os envolvidos no processo precisam aprender.

 

A Depressão é uma doença. Essa é sempre a primeira grande lição para quem está doente, para quem vai tratar ou cuidar de alguém deprimido.

Tristeza não é depressão, mas sim, o indivíduo deprimido vive com a tristeza, ela mora dentre dele e jura de pés juntos que não vai mais embora, que chegou para ficar. E é daí que vem o choro e o sofrimento tão conhecidos pelo deprimido. Alguns choram por “nada”, mas a maioria associa problemas e dissabores da vida ao real motivo da tristeza. Afinal de contas, alguém tem que ser o culpado.

Uma vez que você internalizar que é a Depressão é uma doença, você:

– Vai procurar um médico e um terapeuta que ajudem a aliviar e “reconstruir” um cérebro e uma percepção da situação saudáveis. Sim, tem que tomar remédio e fazer terapia.

– Como cuidador não vai tentar conversar para convencer a pessoa doente que a vida dela é mais colorida que aquele preto e branco que ela pinta. Sim, você vai se calar e escutar.

– Você vai cuidar para que a alimentação e a higiene aconteçam para manter o corpo saudável ao máximo para que ele passe pelo processo de tratamento. Sim, parece básico, mas até o básico pode ser um grande desafio que tem que ser cumprido.

– Não existe futuro a ser decidido, melhor pensar assim e não provocar conversas que podem soar como cobranças. A percepção do agora e do futuro está distorcida pela Doença. Até fatos passados só serão vistos com “olhos cinzas”, o que foi bom era um engano, o que foi ruim é o que vai ser valorizado. Sim, voltamos ao tópico “não tentar falar ou convecer o doente do contrário”.  Sim, só se deve pensar e falar sobre o dia atual; as próximas horas do dia é o futuro que eles conseguem ver (e com os olhos cinzas).

– Falando em cobranças, quem estiver mais próximo vai ter que estar atento a questões relacionadas ao trabalho e contas a pagar. Assumir durante um tempo a relação de trabalho e financeira do doente pode ser necessário durante a recuperação dele. Sim, quem está perto terá durante um tempo mais responsabilidades.

Tenha em mente que Depressão é uma doença e siga as sugestões dadas neste post. Vamos fazer uma série de posts que podem te ajudar a entender e a lidar com esse momento difícil.

Mais:

Manual da Depressão: alimentos que ajudam o humor

O que você acrescentaria de sugestões relacionadas a essa primeira lição?? Você tem dúvidas?? Conversando podemos te ajudar.

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

  1. O apoio da família, a busca por um tratamento psicoterapêutico, bem como a prática de atividade espiritual e atividade física são fundamentais para complementar o tratamento medicamentoso. Sempre digo aos meus pacientes, e também ao meu pai (que é depressivo) a importância de seguir esse conjunto de atividades para que aja uma melhora significativa desta doença que é tão cruel. E é claro que uma pitada de paciência e de compreensão dos familiares/amigos/colegas de trabalho também é essencial neste processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.