Conheça a tecnologia vestível que ajuda a controlar próteses!

0
3557

Mais uma tecnologia vestível que pode ajudar na independência das pessoas com deficiência!!

Recentemente, uma equipe de pesquisadores da Johns Hopkins usou a pulseira Myo em um amputado para ajudá-lo a controlar seu braço protético. A Myo pode ser usada por qualquer um para controlar dispositivos. Inicialmente, ela foi pensada para controlar outros dispositivos à distância. Quando a pessoa que a está vestindo faz um gesto, a pulseira reconhece lendo a atividade muscular e envia a informação para um dispositivo conectado, imagine isso sendo um computador, um celular, um drone ou um videogame.

Bem, mas a proposta de uso da Myo aqui é diferente, a ideia é que ela ajude a controlar próteses!!

Johnny Matheny, que perdeu um de seus braços devido a um Câncer, participa da pesquisa onde a Myo é usada como tecnologia assistiva para pessoas amputadas. Ele usa duas braçadeiras Myo que monitoram sua atividade muscular no braço e quando ele pensa em mover seu braço de diferentes maneiras (torcer, apertar, abrir, fechar, etc.), a intenção muscular é convertida em sinais, transmidos para um computador próximo, que por sua vez, os envia para o braço protético para executar a ação desejada. No futuro, espera-se que Johnny possa ser capaz de dizer o quão duro ou mole é um objeto e até mesmo a temperatura.

Mas não pense que esse processo foi simples para Johnny até agora! Ele teve que fazer uma cirurgia para a reorganizar as terminações nervosas de seu braço amputado. Após a cirurgia, ele passou por muitas de horas de treino com exercícios para trabalhar com o braço protético. Mas todos os seus esforços foram recompensados ​​até agora.

Assista ao vídeo abaixo para ver Johnny Matheny trabalhar seu braço protético.

Esse outro vídeo sobre a Myo também pode te interessar porque mostra o uso da pulseira em outros contextos:

Leia também: 

A Realidade Virtual como recurso para avaliação da memória

GyroGlove: tecnologia vestível que promete neutralizar o tremor das mãos causado pela doença de Parkinson

AcessNow: ferramenta interativa que mapeia locais acessíveis

6 dispositivos para melhorar a vida de pessoas com demência

 

Conheça os cadernos de exercícios para estimulação cognitiva Reab.me!

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.