Vídeo-atividade: post-it

34
7704

Dia de terça é dia de dica de exercício no reabilitacaocognitiva.org. E hoje, mais uma vez, trouxemos uma dica de exercício/atividade por vídeo.

A atividade foi elaborada por Ana Paula Mendes, nossa outra blogueira, e é bem simples: papel, post-it e caneta. Depois disso: organizar números significativos para o cliente; colocá-los no post-it e….. não, não vou contar! kkkk

Assistam e vejam se fica claro. Qualquer dúvida estamos aqui para isso: conversar, trocar e enriquecer (uma mão lava a outra, né?).

Falando em “né” perdoem meus vícios de linguagem, minha falta de intimidade com câmeras e o “cenário”.

Aproveitem…

Ana Katharina Leite.

P.S: Paulinha, qualquer coisa você faz comentários para enriquecer a explicação, oks? Afinal, ninguém conhece melhor  a cria que a mãe!

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Mais e quase tudo sobre minha história: Ana Leite, formada em Terapia Ocupacional na Universidade Federal de Pernambuco (Brasil). Minha experiência clínica como terapeuta é com a pessoa adulta e idosa com disfunção cognitiva que apresenta dificuldades na realização de suas atividades cotidianas. O processo de tratamento dos meus pacientes sempre envolveu intervenções que visavam a maior participação possível em atividades cotidianas significativas. As ferramentas utilizadas nesse processo incluíam orientações sobre adaptação do ambiente e da tarefa a ser realizada, organização de rotina e estimulação/reabilitação cognitiva. Tenho especialização em Tecnologia Assistiva, onde me instrumentalizei sobre o uso equipamentos e dispositivos que podem aumentar/permitir a funcionalidade. Fiz mestrado em Design, na linha de pesquisa de Ergonomia. Participei do desenvolvimento e validação de uma metodologia de avaliação do ambiente construído (MEAC). Na minha pesquisa estudei as variáveis arquitetônicas do ambiente moradia das pessoas idosas que residiam em ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos). Nesse processo pude acrescentar ao conhecimentos da Terapia Ocupacional esse olhar mais aprofundado sobre o ambiente de moradia. Assim, compreendendo melhor qual o impacto que o ambiente físico/construído possui no funcionamento diário das pessoas idosas. Sou criadora da primeira marca digital, em língua portuguesa, dedicada a produção/divulgação de conteúdo especializado no contexto de reabilitação, reab.me. Produzo conteúdos textuais e audiovisuais através da curadoria de revistas científicas e outras referências técnicas; edito conteúdos de colaboradores, profissionais de reabilitação, de diversas áreas, que escrevem para o reab. Além de assuntos técnicos, escrevo sobre questões relacionadas à saúde mental dos terapeutas, tendo em vista a crescente necessidade de falar de autocuidado e bem estar para os profissionais de saúde. Tema que tem surgido de forma crescente e preocupante nos bastidores de prática clínica e até em pesquisas. O reab.me edita, produz e distribui em loja digital própria (que vocês encontram aqui no site!), produtos para serem usados por profissionais, cuidadores formais e familiares no processo do cuidar. Os produtos desenvolvidos contam com outros profissionais que opinando, através dos seus conhecimentos específicos, e testando contribuem na co-criação desses produtos. Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

34 COMENTÁRIOS

  1. ola. eu sou psicóloga em Portugal.

    vou começar agora a fazer reabilitação com idosos. e vou fazer uma investigação com doentes de alzheimer.

    as vossas ideias e artigos tem me ajudado imenso.esta é mais uma actividade fácil de por em pratica. parabéns pelo site.

    e espero receber mais ajudas na minha nova função.

  2. Olá, o site realmente é muito bom, os artigos, vídeos… agora estou com uma vontade de me aprofundar e vi poucas opções a nível de especialização. Vcs podem me sugerir outras entidades? Ah, Parabéns.

    • Oi Lycia, há uns meses atrás fizemos uma pesquisa na net e as opções de especialização foram as que colocamos no site. Alguém sabe de mais alguma?? Quem souber nos diz, oks?? Queremos saber!! Bjo Lycia e obg!

  3. Gostei muito das dicas e matéria, sei que vários profissionais visitam o site porém espero que estes profissionais tenham um bom senso e critico ao utilizar atividades, pois atividades planejadas e analisadas com a finalidade de promover saude e independência funcional é ato privativo do Terapeuta Ocupacional, acredito que podemos trabalhar em equipe, é muito satisfatório e adequado porém temos que partir do principio que cada area é importante , porem dentro de sua abordagem, para nao virar oportunismo como vi um fisioterapeuta utilizando metodos da T.O e que foi denunciado, e uma psicóloga esquecendo das questões comportamentais adentrando na area da terapia ocupacional… mas parabéns para as idealizadoras do projeto adorei o trabalho focado na reabilitação cognitiva…parabéns mesmo

  4. Elcio

    Sobre o que você escreveu penso o seguinte:

    Sou psicóloga e dentro da nossa área de psicológia também ha espaço para reabilitaçao cognitiva, pois o Conselho Federal nomeou os psicólogos sendo especialistas em reabilitaçao neuropsicológica, que acaba sendo uma reabilitaçao cognitiva também com outro nome, se você olhar os cursos de especializaçao neuropsicológica somente psisólogos poderáo fazer o site para conferir é http://www.cepsic.org.br/reabilitacao_info.asp

    Os cursos de reabilitaçao cognitiva pode ser feita pelos profissionais da área Psicologia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Medicina, Enfermagem, Pedagogia e Psicopedagogia segue o site http://www.institutoneurologico.com.br/cextensao.html#publico

    Então quando você diz que uma Psicologa esqueceu das questões comportamentais e se adentrando na área de T.O. não entendi o que quis dizer, cada uma com sua área, mas temos que saber que existe várias áreas que podem trabalhar em conjunto, pois como nas especializaçoes de curso vimos o publico alvo para cada curso, então não concordo com a sua opinião referente aos psicologos, desde que eles se aperfeicoam nao vejo nenhum problema, qual problema voce vê nisso, não entendi?

  5. Elcio outra coisa vejo T.O usando teste psicológicos que somente os psicólogos podem usar, isso sim acho errado, como no site que estamos elas colocam varios testes, pois vejo que é no sentido de divulgar e mostrar o que pode ser usado com os pacientes, mas isso deixo claro que os psicólogos tem essa exclusividade.

    Já vi T.O. usando teste psicológico o que não achei correto, isso sim concordaria com você, se você tivesse postado no seu comentário.

    Vamos abrir uma discussão com o pessoal o que vocês acham?

    Ana sugiro para essa discussão você colocar uma chamada no site, pois como essa material já foi postado ha um tempo, fica dificil das pessoas acessarem e comentarem, pois nem todas ficam fuçando.

    Poderia ser um tema convidando todos a participarem dessa discussão.

    O que você acha?

  6. Oi Fernanda!! Oi Elcio!! Como vão?? Li os comentários de vocês agora e acho que tocaram em uma questão bem delicada: “área de atuação do T.O e Psico na Reabilitação das funções cognitivas”. Vi no comentário do Elcio a preocupação com a questão do uso da atividade como recurso terapêutico; vi os esclarecimentos dados pela Fernanda sobre a quantas andas o mercado das especializações voltadas à Cognição. A conversa de vocês me fez lembrar um post que escrevi sobre isso: TERAPIA OCUPACIONAL x NEUPSICOLOGIA: DE QUEM É A REABILITAÇÃO COGNITIVA?. Neste post tentei “pôr no papel” como essas coisas se organizaram na minha cabeça. No mais, acho que vale post, sim!!! Como vcs acham que deveríamos chamar esse post??? Vcs concordariam que eu usasse os comentários de vcs no post para daí motivar outras opiniões?? Estou no aguardo para colocar a mão no teclado!! Abraços.

  7. Olá, Eu sou estudante de Terapia Ocupacional de uma Universidade de São Paulo

    Gostaria de parabenizá-las pelas dicas que vocês tem postado.Tenho acompanhado o trabalho de vocês pelo Twitter e acho enriquecedoras as propostas de vocês. Essa atividade com o Post-it achei muito bacana. Foi uma excelente estratégia!

    Parabéns!

    • Oi Vânia!! Já te vi no Twitter =) Que bom que tem participado lá e aqui. Saiba que para nós os comentários e twittadas são combustível, é o que os move! =D Obg!!

  8. Oi Ana pode usar o meu comentario sim, sem problema algum eu autorizo!

    Dei essa sugestao, pois acho esse debate importante, alem de ser muito polemico esse assunto, mas servira para me ajudar a entender melhor tambem, pois posso estar errada em minha colocacao, se estiver ai ja me atualizo.

    Esta autorizado.

    PS. Conheci esse site que amei e ja me vi debatendo sobre algo, espero que o Elcio e as pessoas não me levem a mal, mas é valido esclarecer tudo isso, não sou contra T.O e nenhuma outra área, pois acredito que juntos o cliente será beneficiado, mas quando se trata de reabilitacao o assunto é polemico.rsrsrs

  9. Ana

    Estava pensando sobre o assunto novamente, acho que poderemos colocar duas perguntas.

    1- QUAL A DIFERENCA ENTRE NEUROPSICOLOGIA E REABILITAÇAO COGNITIVA?
    (acredito que a partir dessa resposta poderemos definir o que é cada uma e se são as mesmas coisas, e se são pq ha cursos que somente psicologos podem fazer ex. reabilitacao neuropsicologica enquanto o curso de reabilitaçao cognitiva vários profissionais podem fazer, deve ter alguma diferença, sim ou não?, eis a questão)

    A partir dessa pergunta as pessoas poderiam responder a 2a. pergunta

    2 – TERAPIA OCUPACIONAL X NEUROPSICOLOGIA DE QUEM E A REABLITAÇAO COGNITIVA?

    Caso tenha pensado em outro tema, por mim esta tudo certo, sem problemas, você é quem manda….hehehehehe

    Bjos

    Fernanda

  10. Ana

    Outro questionamento são os testes.

    TERAPIA OCUPACIONAL X PSICOLOGIA QUEM E AUTORIZADO, LICENCIADO A APLICAR OS TESTES?

    Eu acredito que seja a psicologia, pois pra você comprar os testes você precisa ter a carteirinha do Conselho Regional de Psicologia, é que existe vários testes que são usados e que ainda não passaram pela aprovação do Conselho de Psicologia, por isso as pessoas conseguem eles e acham que tem o direito de usá-los, mas só os psicólogos podem aplicar, isso sim é da área exclusiva da psicologia, mas infelizmente vários outros profissionais que não são psicólogos utilizam como instrumento de trabalho, sendo ilegal.

    Posso estar super mega enganada, mas nunca vi um curso de T.O. em que você aprenda a aplicar testes, pois quando se fala em teste o nome ja diz teste psicológico.

    Essa é outra questão importantissima a ser discutida tambem, vocês não acham?

  11. Fernanda, pelo pouco conhecimento que possuo sobre os testes psicológicos ou cognitivos, existem alguns exclusivos da psicologia, mas há outros que nem sequer foram desenvolvidos por psicólogos e podem ser usados por qualquer profissional capacitado para sua aplicação.

  12. Gente estou inquieta sobre tudo isso, quero ajuda pra entender melhor, me ajudem por favor!

    Eu pensando com meus botões sei que T.O. trabalha com reabilitação sem a menor chance de dúvidas, mas o que me confunde são os nomes dos cursos: reabilitacao neuropsicologia e reabilitacao cognitiva, pois to encafifada agora….rsrs fico aqui pensando e não consigo achar uma resposta, por isso que sugeri de colocarmos um post, pois se for a mesma coisa, pq somente psicologo pode fazer o curso de neuropsicologia e os T.Os não, pois deveriam também, vocês não acham?

    Sei que o que mais importa e o que é mais valioso é que podemos trabalhar em equipe, como equipe multidisciplinar, não quero aqui nomear quem pode o que na reabilitação, pois não somos donos da verdade e nem estamos querendo achar um dono e sim entender todas essas nomenclaturas, nomes de cursos que vão surgindo e que acabam confundindo a cabeça….a minha por exemplo…hehehe

    Vocês devem estar cansados de ler um monte de coisas minhas, mas é que quero entender mais sobre essa questão e que fique bem claro que eu não quero achar quem é o dono da reabilitaçao, mas sim saber mais sobre isso!

    • Nanda, acabei de fazer o post!!! Vou colocá-lo “no ar” já na segunda, oks?? Acho importante mesmo nós conversarmos mais sobre isso. =D Vamos ver se as pessoas se colocam e o que elas acham. Depois de amanhã o post já vai estar lá e todo mundo vai opinar. =D Obg pela valiosa participação e pela confiança de fazer do nosso espaço um lugar de discussão para o crescimento da profissões e da qualidade do atendimento dos nossos pacientes. Abraço. =)

  13. Thaty

    Você pode me dizer os nomes desses testes, pra mim conhecê-los também.

    Pois sei que não existe testes só psicológicos, existem testes de outras áreas, se você entrar no site da Vetor Editora de Testes, você encontrará testes para psicopedagogos e sei que não existe teste só para psicólogos, talvez eu tenha me expressado mal, eu quis dizer que os testes que são falados testes psicologicos, só psicólogo pode aplicar, foi nesse sentido e não que existe apenas teste psicológico.

  14. Ana

    Tudo Ok nossa e sou eu quem agradeço pois descobri esse site e pude levantar uma duvida que antes eu nem tinha, nem achava que existia em minha cabeça.

    Agradeço de coraçao pela ajuda, pelo seu dinamismo e pela boa vontade em ajudar as pessoas, e pessoas como eu que estou com essa baita duvida heim…rsrs

    Muitissimo obrigada, pessoas como vocês valem diamante!

    Estou torcendo para as pessoas escreverem.

    Beijos e boa noiteeee!!!

  15. Anas tudo bem?

    Eu transcrevi a atividade video de vocês, vou anexar abaixo, verifique se é isso mesmo, se não cometi nenhum erro.

    ATIVIDADE POST-IT

    Material:
    – 2 folhas papel A-4
    – post-it pequeno
    – caneta que contraste ou lápis com ponta grossa

    Atividade: organizar números significativos para o cliente; colocá-los no post-it

    Vamos reunir números significativos da vida do paciente
    Conversar com a família do cliente, sugerir datas de aniversário, data de casamento, ano de formatura entre outros que o terapeuta e o cuidador saiba que seja significativa, depois disso será feito o terapeuta colocara em cada post-it os numeros.
    A quantidade de post-it e de números vai ficar a cargo de quem esta fazendo a atividade, a pessoa que esta fazendo a atividade com o cliente seja o terapeuta ou o cuidador é importante ter percebido o que é suficiente e o que não prejudica em termos de quantidade de informação daquele cliente

    Depois de ter colocado os números, vale ressaltar que dependendo a quantidade que for usado com o cliente e realmente qual é o seu objetivo naquela atividade você pode acrescentar também alguns números aleatórios como por exemplo por um unico numero ex; 10, depois de ter colocado todos os números no post-it vamos para as etapas da atividade.

    1. Etapa – Reconhecimento dos números

    O terapeuta ou o cuidador reconheça com o cliente cada um dos números, vamos fazer uma fase de reconhecimento e de adaptação do material, porque as vezes pra gente esta claro que o numero 2 que esta escrito no post-it seja o numero 2 (dois) mas pra quem esta lendo ou que tem um déficit cognitivo ou quem tem um problema de acuidade visual enfim pode não perceber, por isso que essa fase do reconhecimento é muito importante, ate que não prejudique a sua atividade com o paciente que seria muito ruim isso acontecer.
    Depois de ter feito o reconhecimento e tendo certeza que ele reconheceu todos os números

    2. Fase – Ordenação dos números do post-it

    Pegar a outra folha em branco de papel A-4 para ser utilizado nessa fase.

    Pedir para o paciente colocar os post-it em uma determinada ordem, você pode escolher com ele ou pode por ex. solicitar: eu quero que coloque na ordem crescente ou quero que coloque na ordem decrescente, obviamente isso já exige funções mais especificas que já podem estar sendo trabalhadas como questões de seqüenciamento, caso ele não consiga colocar na ordem.

    Depois disso ele já está bem interado com o material e já começou a tirar e colocar os post-it na outra folha conforme foi combinado a ordem de ser colocado.

    3. Etapa Estimulação
    Conversar com o paciente e estimulá-lo a fazer a relação entre esses números de fatos importantes que aconteceram na vida dele e ai claramente estaremos vendo memória episódica, memória recente pois pode estar lá a idade dele no post-it por exemplo.
    Nessa etapa que é a mais importante dependendo do jogo de cintura do terapeuta pode estar colhendo informações super importantes sobre o cliente e ainda mais esta tendo a oportunidade de dar a aquele cliente de relembrar bons momentos da vida dele.
    Essa atividade consiste nisso.
    Outra fase pode se trabalhar calculo se for o caso da dificuldade do paciente
    Caso precise trabalhar com o cliente operações matemáticas, podemos pedir para o cliente que some dois números do post-it e mostre o resultado que está escrito em outro post-it, dependendo do cliente teremos que fazer operações mais complexas

    4. Etapa – Cálculo

    Nessa fase pode ser trabalhado calculo se for o caso da dificuldade do seu paciente.
    Caso precise trabalhar com o cliente operações matemáticas, podemos pedir para ele que some dois números do post-it e mostre o resultado que está escrito em outro post-it (sendo que o resultado esteja em outro post-it que você acrescentou ou que coincide o resultado com o numero que se refere alguma data comemorativa da vida dele que já foi trabalhado).
    Dependendo do cliente teremos que fazer operações mais complexas.

  16. Olá Mário, estamos providenciando mudanças no site para Maio e sua sugestão entrou na lista de melhorias. Agradecemos! Quanto à psicóloga, não conheço, mas vamos esperar que alguém do site entre em contato com vc. Conheço em SP terapeutas ocupacionais q podem te dar alguma indicação, caso queira os contatos é só nos mandar email. Abraço. Ana Katharina.

  17. Usei a ideia dos post its pra trabalhar com uma idosa que tem problemas de orientação temporal. Coloquei todos os dias da semana escritos, cada um em um post it, em uma folha de A4 distribuidos de forma aleatória, e dei a ela outro papel A4 sem nada para que ela organizasse os dias um ao lado do outro. Devido ao ótimo resultado, usei também com os meses do ano porém para aperfeiçoar mais a atividade relembramos algumas datas importantes destes meses. Resumindo fucionou muito bem e a atividade foi muito boa.

    obrigado pela dica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.