Vamos pensar juntos: o que se categoriza?

4
2965

Sabemos que a inspiração para as nossas atividades cognitivas são, ou pelo menos deveriam ser, o cotidiano. Perceber como as funções cognitivas são usadas na rotina é o que nos fornece “matéria-prima” para criar as atividades que têm a função de trabalhar as habilidades cognitivas.

Sendo assim, vamos pensar hoje: “o que se categoriza no dia-a-dia?“, separamos o quê por grupos e em que atividades do cotidiano?

A imagem de destaque desse post mostra talheres, alguns dos objetos que categorizamos. E, categorizamos os talheres para usá-los durante a refeição. Ou então, uma outra possibilidade, é que categorizamos os talheres na gaveta da cozinha para ficar mais fácil de achá-los quando os estamos procurando um com uma função específica, por exemplo, a faca para cortar.

Pois é, aparentemente simples, não é? Mas…. não é tão simples quando uma doença compromete nossa atenção ou outras habilidades mentais necessárias para isso.

Bem, acho que agora vocês já estão conscientes da importância de categorizar e o quanto que precisamos categorizar para funcionar de forma eficaz na nossa rotina. Voltamos assim a pergunta: “o que se categoriza no dia-a-dia?”, vamos listar?

Lembrando que é estando consciente de fatos como este que conseguimos criar atividades!

Vou começar a lista e vocês complementam nos comentários, oks???

Categorizamos….

1. Talheres 

2. Roupas

3. Alimentos na despensa/armário

4……

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.