Estudo discute o uso da Realidade Virtual no tratamento de Parkinson

0
1341

Nos últimos anos, a tecnologia de realidade virtual obteve grande relevância na reabilitação das disfunções motoras e não motoras em pacientes de origem neurológica.
O tratamento da Doença de Parkinson com auxilio da Tecnologia, segundo o estudo,  favorece uma interface interativa tridimensional, onde um programa cria o ambiente para que o usuário possa experimentar através de um personagem virtual.

O uso dessa tecnologia torna possível a realização de atividades ou tarefas comparadas com as situações reais do seu dia a dia, permitindo modulação de intensidade ou dificuldade e favorecendo para que sejam totalmente graduadas, proporcionando assim realizações em tempo real.

Portanto intervenções terapêuticas, como uso de novas tecnologias pode auxiliar no processo de reabilitação da doença de Parkinson, sendo eficaz principalmente para melhora na velocidade e comprimento de passadas.

Saiba mais sobre o estudo:
S. Morales-Gómez , et al, Eficácia dos programas de imersão virtual em pacientes com doença de Parkinson. Uma revisão sistemática. Revisión sistemática. Rev Neurol 2018; 66:69-80

Aplicativo ajuda pesquisadores na luta contra a demência

Imagem: Freepik!

DEIXE UMA RESPOSTA

16 − 5 =