Testes para avaliação das funções executivas

21
19957

As funções executivas são (ao meu humilde ver =P ) as habilidades mais relevantes e mais complexas para realização das atividades cotidianas. Tendo em vista a importância das funções executivas, temos que saber avaliá-las, inclusive, para deterctar qual o impacto das disfunção executiva nas atividades de autocuidado, de trabalho e lazer.

Sendo assim, o site alzheimer.org.ar lista algumas avaliações usadas para detectar as disfunções executivas:

Wisconsin
Este teste mede a capacidade de mudança cognitiva, ou seja, a flexibilidade mental, e outras operações, como a identificação dos atributos, categorização, memória de trabalho, a inibição, atenção seletiva e uso de feedback verbal utilizado no âmbito de interação social. Este teste é administrado utilizando quatro cartas, que diferem nas dimensões de cor, forma e número.
Só abrindo um parênteses em relação ao Wisconsin, o achei bemmmm difícil. Já aplicaram em mim e, juro por Deus, questionei minha “saúde executiva”!! kkkk

Tarefa da Torre de Hanói (vocês conhecem?? eu não conhecia!)

Este teste mede o raciocínio abstrato, a capacidade de memória de trabalho, o uso recursivo de regras condicionais, incluindo uma dentro da outra, a análise meio-fim e planejamento.

A avaliação requer que seja executado uma seqüência de movimentos para transformar um arranjo aleatório de discos em uma configuração em forma de pirâmide. A memória de trabalho é um ingrediente essencial para essa tarefa, porque você tem que prever determinadas configurações.

Teste de Correspondência de Figuras Familiares-  MFFT (tb não conhecia!)

Este teste avalia a análise do padrão visual aos detalhes, atenção aos detalhes e à inibição da resposta ao impulso. É mostrada uma fotografia e quatro figuras de referência, o examinado tem que escolher a figura que é idêntica a fotografia. Os estímulos para serem comparados são diferentes somente em pequenos detalhes.

Teste de Stroop

Este teste avalia a inibição, a sensibilidade à interferência, atenção seletiva e atenção. Esta tarefa mede a capacidade de responder seletivamente. É apresentado aos sujeitos nomes de cores impressos em tintas de cores diferentes (por exemplo, a palavra vermelho está impressa em verde). Assim, pede-se para nomear a cor da tinta.

Paradigma Go/No go

Avalia dois componentes de processamento, responsável pela flexibilidade e inibição. Ele tem três dimensões. Na primeira, os participantes são convidados a responder a um tipo de estímulo com “Go”  (neste caso, um círculo), enquanto as respostas de outro tipo com  “No go” (um quadrado). Na segunda condição, os padrÕes de resposta são invertidos, de modo que os indivíduos têm de responder positivamente com o quadrado. A terceira condição exige mudanças frequentes de um modelo de resposta, tendo grandes exigências sobre a flexibilidade cognitiva.

Quem conhecer esse teste, explica melhor para gente porque eu não consegui entender direito… e não achei referências em português que explicassem bem.

Escala de Memória Wechsler

Esta escala avalia: informação, orientação, controle mental, memória lógica, de dígitos, visual e associativa.

Trail Making Test

Esse teste de velocidade é de busca visual, atenção, sequenciamento visuoespacial, flexibilidade mental e motora. O teste consiste de duas partes, parte A e parte B de maior complexidade. Na parte A deve-se juntar números consecutivos de 1-25 (1-2, 2-3, etc), e a parte B deve-se parear um número com uma letra (1 com A, etc .. )

Outras avaliações das funções executivas são:

– Teste FAB;

– Tarefa da Torre de Londres;

– Iowa Gambling Task;

– Teste N-back;

– Teste de inconsistência visuoespacial;

– Tarefas de labirintos.

Foro: UNOIKI (Flickr)

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

21 COMENTÁRIOS

  1. ai que mááááximo funções executivas!!! adooooro!!!
    1-wisconsin – pior que quem faz é quem aplica que embaralha todo!!!
    2-torre de hanoi é um must, principalmente pra ver impulsividade. é simples, barato e sem mistério!! só não tem validade para população brasileira!! e pra reab é um treino bem legal!!
    3-MFFT – não conheço!!
    4-stroop – véi de guerra, semelhante a ele e usado para baixa escolaridade e crianças tem os pontos coloridos de Zazzo.
    5-tarefa go no go que eu conheço (tem até uma tarefa na FAB que é go no go) é vc dar uma tarefa e pedir pra pessoa responder o oposto, ou assim – vc dá uma sequencia de letras AOCJFNRNCANMVAMCRNAMCIURNTANEBBCA, e pede pra pessoa bater na mesa só quando ouvir a letra A, num outro momento vc pede pra ela bater 1X na mesa quando ouvir a letra M, e dar duas batidas quando ouvir A.. ai, num sei se fui clara!!!:/
    5-escala Wechsler, muito boa, sem validação pra população brasileira, mas se não me engano tem validação pra Portugal dai da pra comprar importado de lá.
    6-trail – muito bom tmb – atenção alteranada e dividida!!! apesar que pro idoso que tem baixa escolaridade é dificil avaliar!!
    – Teste FAB – bem legal
    – Tarefa da Torre de Londres – muito legal
    – Iowa Gambling Task – nao conheço, mas leio e ouço falar muito bem!!
    – Teste N-back – não conheço!!
    – Teste de inconsistência visuoespacial – ídem
    – Tarefas de labirintos – o wisc tem um labirinto, é esse???

    bjosss a todas!!!!!

  2. Oi Ana, adoro mesmo o site e estou sempre participando.
    Mas, como internet é um mundo e as informações estão para todos, gostaria de fazer um pedido (se for possível é claro): seria retirar as “explicações” dos testes. Por exemplo, no wisconsin, está bem explicito de que forma o teste funciona. E a proposta dele é fazer com que sujeito consiga perceber e montar estratégias para que ele acerte mais.
    Tenho pacientes que pesquisam mesmo antes de chegar para uma avaliação ou mesmo após receberem um laudo. Tendo essas explicações, um possível reteste fica inviável.
    Sei que impossível “controlar” a divulgação de testes, mas podemos fazer nossa parte!

    Que tal deixar apenas para que serve cada teste??

    bjs
    Juliana Fernandes

  3. Pronto, jú. Resolvido. E, diana, não sei q labirintos é esse tb, o autor não especificou. =/ (#Amei sua empolgação com as funções executivas. Bem q vc podia escrever postizinho sobre elas, nééé??? kkk). Bjo

  4. Olá!
    Gostei muito do post, me fez relembrar de vários instrumentos que podemos utilizar com nossos pacientes durante alguns atendimentos, pena que alguns deles só os psicólogos podem utilizar. Mas alguns como o FAb, stroop e o trail making test podem ser utilizados por outros profissionais. (ou não?)
    Parabéns pelo trabalho de vcs! É bem reconfortante saber que outras terapeutas ocupacionais investem e divulgam seu trabalho na reab cognitiva!

  5. Ao responsável pelo site,

    Estou de acordo com a Juliana e acredito que devem ser retiradas deste site toda e qualquer informação sobre a execução dos testes, como por exemplo, do wisconsin, fuld, bem como retirar a Figura de Rey da página do site. Este tipo de informação às pessoas leigas podem invalidar a aplicação de um teste. Além disso, é uma questão ética não ficar divulgando tais informações sobre os testes.

    Muito obrigada.

    • Oi Adriana, todas as informações contidas aqui foram retiradas de fontes referidas DA INTERNET. Entendo a preocupação de vcs, mas retirar daqui não faz com que as informações não sejam acessadas; Acreditem, não foi difícil achá-las na internet. Agradeço a preocupação. =)

  6. Olá,

    Tem 15 dias que adquiri um teste muito bom, material no idioma inglês, não necessário ser psicólogo. Basta fazer cadastro no site e registrar seus CREFITOS….

    http://www4.parinc.com/Products/Product.aspx?ProductID=BRIEF-A

    as funções executivas abordadas no BRIEF A, são:

    INIBIÇÃO
    DESLOCAR/MUDAR
    CONTROLE EMOCIONAL
    AUTO CUIDAR
    INICIATIVA
    MEMÓRIA DE TRABALHO
    PLANEJAR/ORGANIZAR
    MONITORAR TAREFAS
    ORGANIZAÇÃO DE MATERIAIS…..
    (para tradução das funções usei google translate)

    Para trabalhar com material que inclui testes, gráficos e manual explicativo necessário se ter uma boa tradução do inglês.
    Aceitam C.Crédito (aliás é a unica forma de pagamento)

    Boa Sorte

  7. A utilização de testes reconhecidos no Brasil compete apenas aos profissionais inscritos nos conselhos de medicina ou psicologia. Os que não estão validados posem ser utilizados apenas para pesquisa.
    Qualquer profissional não treinado a utilizar estes instrumentos pode além de auxiliar na progressão de determinadas doenças, responder criminalmente pelo exercício ilegal da profissão.
    Portanto, deixem a avaliação para quem legalmente pode e sabe fazer. O trabalho de um TO compete em estimular e reabilitar. Não temos competência legal para diagnosticar!
    A proposta do site é interessante, mas é vergonhoso querermos invadir outras áreas. Ao invés de divulgarmos a TO, estamos dando margem para sermos ridicularizados. A nossa profissão já não é bem vista e se compactuarmos com a banalização, estaremos apenas reforçando a crença da população de que somos apenas recreadores.
    Pensem nisso!!!

  8. Sou psicóloga, mestre em neuropsicologia e trabalho na área profissional. A avaliação das funções nervosas superiores bem feita, realizada de uma forma séria, não é uma tarefa simples. Aplicar testes não é difícil, mas interpretá-los requer um conhecimento específico, com muitas particularidades, bem como experiência de avaliação nos diferentes tipos de patologia, que possuem caractérísticas diversas. Saliento ainda que a utilização de testes para objectivos que não a avaliação fidedigna, enviesam a posterior utilização dos mesmos, havendo o risco de compromisso em futuras avaliações, que são necessárias aos doentes, ficando os mesmos prejudicados pelos próprios profissionais de saúde. Claro é que este factor, de indiscutivel importância, mostra a necessidade de uma maior consciencialização dos limites de cada um, principalmente dos profissionais de saúde, em princípio capazes de reflectir sobre o assunto.

    Além do que refere a Dra. Helena, o respeito pelo trabalho especializado, e não tão abragente ao ponto de questionar a sua qualidade, deve ser imperativo.

  9. Bom… mediante tantas palavras que me deixaram perplexas, Ana, agradeço por tudas as suas contribuições. Que façam boa utilização aqueles que apenas não lê para criticar. Ao meu mísero ver, avaliações acontecem não somente para diagnosticar (pois que dá o aval final É O MÉDICO, após colher informações de equipe interdisciplinar), mas sim para nortear nossa atuação… ou estimularemos e reabilitaremos apenas achando o que o paciente necessita…. NÃO… as avaliações ervem para nos nortear e realizarmos um excelente trabalho!
    Mais uma vez… obrigada Ana.

  10. Tou querendo utilizar o paradigma go/no go em uma pesquisa, mas não sei as diretrizes para montar-lo ou se tem algum teste que utilize que tenha validade no Brasil, alguém poderia, por favor, me dar algumas informações?

    obrigada

  11. Só corrigindo a Helena. Os testes com validação brasileira que vc mencionou, só podem ser utilizados por PSICÓLOGOS e não por médicos, como vc disse. E galera, vamos deixar os testes apenas para quem tem competência legal para aplicá-los, ou seja, os neuropsicólogos com formação em psicologia, ok? Não adianta apenas aplicar os testes e obter números. Vcs sabem o que fazer com esses números depois? Sabem relacioná-los com os outros testes e com a dinâmica da personalidade do indivíduo? É isso que se deve saber antes de sair aplicando os testes, se não, ele não tem validade alguma.
    Sou psicóloga, especialista em psicopatologia e neuropsicologia pela USP-IPQ.

  12. quero saber mais sobre funcoes executivas, meu filho sofre demais (e nos com ele) por cause disso, ele parece que esta preso dentro de um corpo que nao e dele, ele e tao inteligente mas parece que so consegue mostrar que nunca sabe nada, nao consegue se expressar, nao faz amigos e prefere nao comer a ter que por comida no prato… ele tem onze anos e tudo que eu ja li sobre sobre “mal funcionamento” das funcoes executivas, coisa que eu nunca tinha ouvido falar ate a explicadora dele trazer a tona, e que meu filho um dia pode virar um criminoso porque nunca vai saber fazer nada sozinho ou sem ser explicado mil vezes e isso de maneira nenhuma eu posso deixar acontecer. Qualquer informacao sobre o assunto sera bem recebida, o que fazer e como tentar treina-lo ja que ele esquece todos os camandos em 5 minutos. HEEELP!!!

  13. Olá.
    Adorei o post, sou fonoaudióloga e acho que informação nunca é demais, faço especialização em neuro e tive duas aulas com neuropsicólogas que mostraram esses testes que você citou e elas foram claras que alguns testes somente psicólogas e neuropsicólogas é quem podem aplicar, porém acho muito valido que nós como profissionais tenhamos conhecimento destes testes até mesmo para poder avaliar se é necessário ou não o encaminhamento para avaliação dessas funções, por isso achei muito legal seu post. Acompanho sempre a pagina e gosto muito do que é divulgado e tratado aqui.
    Beijos.

  14. Sou psicóloga e você pode me informar onde consigo adquirir estes testes, estou iniciando na avaliação neuropsicologica e estou encontrando dificuldades de encontrar os instrumentos a não ser aqueles da vetor e casa do Psicologo. Se puder me dar indicações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.