Teste das Pirâmides Coloridas de Pfisterf

7
31475
O Teste das Pirâmides Coloridas de Pfisterf foi criado na década de cinquenta por Max Pfister. É um instrumento projetivo de avaliação de personalidade que é de fácil aplicação e pode ser usado independente da idade ou nível de escolaridade. O teste faz uso das cores como um meio de investigação da personalidade.

O Teste Pfister contém um jogo de três cartões com esquemas de uma pirâmide subdividida em 15 quadrados e um jogo de 50 quadrículos coloridos divididos em 24 tonalidades. A tarefa do sujeito é montar as pirâmides, uma a uma, com os quadrículos coloridos. É analisada a freqüência das cores usadas, bem como a forma em que o sujeito distribuiu os quadrículos pela pirâmide.

As cores e a maneira como o indivíduo as dispõem na pirâmide diz muito sobre como este se posiciona emocionalmente no ambiente, como expressa suas emoções em relação às outras pessoas. Atualmente, o Teste das Pirâmides Coloridas proposto por Max Pfister está com parecer favorável pelo Conselho Federal de Psicologia, tendo sido revalidado e atualizado pela mesma autora (Anna Elisa de Villemor Amaral) e assim pode ser empregado na prática profissional.

Esse teste funciona como instrumento de apoio em psicodiagnóstico, avaliação de pessoal e psicologia do trânsito.
O material do Pfister é composto de material simples e de agradável manuseio, constituindo-se por :

. jogo com quadrículos coloridos composto de 10 cores subdivididas em 10 tonalidades. Havendo no mínimo 45 unidades de cada tom e a mesma quantidade para todos os tons:

. conjunto de três cartelas contendo o esquema de uma pirâmide

. folha de protocolo

. mostruário das cores ( 24 matizes )

A aplicação é individual. Boa iluminação é uma condição básica já que a percepção das cores depende fundamentalmente da luz. Apresenta-se ao examinando a caixa contendo os quadrículos que são despejados sobre uma mesa e apresenta-se o cartão contendo o esquema da pirâmide e solicita-se que o sujeito cubra os espaços da pirâmide de forma que o mesmo construa uma que fique de seu gosto, usando livremente dos quadrículos coloridos disponíveis até que o mesmo a considere completa e bonita a seu gosto.

O aplicador registra todos os movimentos da colocação na folha de protocolo seguindo a codificação das cores e espaços previstos no protocolo. Outras duas pirâmides são  apresentadas na sequência, com a mesma instrução para execução. Ao final, o aplicador coloca as três na sua frente e solicita que o sujeito identifique a mais bonita, a segunda e a terceira. 

Padronização / Normatização e Precisão

Apesar de estudos dos anos 60/70 já tenham demonstrado bons indicadores de validade e precisão este trabalho foi feito um estudo tanto com a população de não-pacientes quanto com a população de pacientes de seis grupos patológicos. O estudo com não-pacientes envolveu 111 indivíduos de ambos os sexos com níveis e escolaridade diversos e idades de 18 à 68 anos e um segundo grupo de não-pacientes universitários de diferentes cursos superiores, os estudos mostraram resultados muito significantes, sendo 86% de concordância para o aspecto formal, 92,4% para a fórmula cromática, resultados estes considerados altamente satisfatórios em termos da precisão de um teste.

A validade do Teste de Pfister foi analisada em um estudo do Prof. Ricardo Primi. A estratégia escolhida para se buscar a evidência de validade no Pfister foi por meio da validade de critério, especialmente a validade concorrente. A medida de critério foi o diagnóstico psicopatológico. Todos os pacientes do grupo de validação foram avaliados individualmente, por meio de uma entrevista estruturada, para verificar a presença de transtornos do Eixo-I.

O grupo clínico foi constituído por 15 alcoolistas, 20 esquizofrênicos, 19 depressivos, 15 pacientes com transtorno de pânico, 12 pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo, e 14 pacientes somatoformes. O grupo de não-pacientes foi composto de 111 pessoas que, na história pregressa nunca tiveram um episódio sintomático decorrente de transtorno mental.

Os estudos realizados mostram que o Pfister é bastante válido na  identificação dos quadros de depressão, transtorno obsessivo compulsivo, transtorno somatoforme e transtorno do pânico.

Existe um programa para aplicação do teste em computador. Abaixo vocês podem ver o vídeo de como é o funcionamento/aplicação do software.

 

Venda desra avaliação restrita à psicólogos mediante a apresentação do CRP, de acordo com a lei federal n ° 4.119/62

 

Fonte:

O teste das pirâmides coloridas de Pfister em trabalhadores em Enfermagem no Hospital.

http://cetepp.com.br

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

7 COMENTÁRIOS

  1. Esse teste só pode ser usado por psicólogos, é importante saber sobre ele, mas tem-se que ter cuidado, pois algumas pessoas pensam que podem adquirí-lo e aplicá-lo nos clientes sem ter autorizaçao para isso!
    Embora, a autora do texto colocou uma observação sobre a área que pode trabalhar com o teste: PSICOLOGIA, algumas pessoas não se atentam para isso!
    Hilcilene Santiago – Psicóloga – CRP:05/21253

    • Oi Luis, não temos como descrever diagnóstico, o meio virtual não nos oferece essa possibilidade, né? haha
      Caso você precise de algum diagnóstico ou análise, é importante que você busque um profissional capacitado para suas necessidades! 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.