Revisão de mais de 30 programas terapêuticos para ansiedade

0
2320

Na minha rasa experiência como profissional e “não tão rasa” experiência como pessoa, vi e vejo o quanto os distúrbios de ansiedade podem interferir no cotidiano e na qualidade de vida de vida pessoas. Sendo assim, resolvi trazer esse post que trata de uma ampla revisão sobre a questão farmacêutica da ansiedade.

A revisão foi publicada na edição de outubro da NeuroInvestment . A justificativa para a importância desse estudo é que a ansiedade tornou-se onipresente no primeiro mundo, e com tantos gatilhos refletindo as forças e os fatores fora de nosso controle – que vão desde mal-estar econômico ao terrorismo para combater o stress pós-traumático – isso não vai mudar tão cedo.

Apesar da relevância do tema e da fortuna gasta pelas empresas farmacêuticas ao longo dos últimos cinqüenta anos, nenhum ansiolítico ideam foi ainda descoberto (que pena não??). De fato, desde o primeiro exame no campo da ansiedade, em 1995, o número de medicamentos inovadores nessa área é… zero. Isso não quer dizer que nada tenha sido aprovado, os ISRS (inibidores selectivos da recaptação da serotonina) e vários anticonvulsivantes foram adicionados à sua lista de alvos para estudo de ansiedade. Estes fármacos têm alguma utilidade, embora para muitos pacientes, seus efeitos colaterais significam que a “cura” pode parecer quase tão ruim quanto a própria doença.

Novas abordagens, como o antagonista do fator liberador de corticotropina (CRF para os íntimos), até agora não produziram nada além de decepção no ensaio clínico. Resultados de um estudo recente realizado pela empresa Braincells também levantam questões fundamentais sobre a forma como os construtos sobre a interface depressão e ansiedade devem ser abordados.

Mais de 30 programas terapêuticos estão incluídos nessa revisão. Elas incluem programas de IRC GSK / Neurocrine Biociências, Bristol-Myers Squibb, CeNeRx, Ono, Sanofi-Aventis, e Taisho, a partir de abordagens mGluR Addex, AstraZeneca, Novartis, Lilly, e uma série de outras táticas, incluindo 5HT6 / 7, a ocitocina, e canabinóides. Sendo assim, se você tem relação ao interesse por esse universo, essa pode ser uma boa oportunidade de atualização e até de reflexão sobre o tema.

A edição de outubro também considera:

1) o advento da era da imunoterapia oral em Esclerose Múltipla (Novartis e, possivelmente, a Merck Serono)

2) os títulos mais recentes da empresa Elan

3) Uma avaliação sucinta da empresa nascente de Transtorno do Humor eutímicos, a Bioscience

Para quem não conhecem a NeuroInvestment é uma revisão independente mensal da área “neurofarmacêutica”. Sua reputação foi construída em cima de quinze anos de uma cobertura objetiva, esclarecedora e crítica do campo.

Para quem tem interesse na área farmacêutica e quer ler sobre outros temas, a edição de setembro da revista NeuroInvestment tratou sobre a terapêutica de Alzheimer, e na edição de novembro próximo vai rever os programas para o tratamento da dor neuropática. Para os que se interessam pelo tema Huntington também achamos uma revisão. #FicaADica

Fonte: PR-CANADA.net

Foto: FlickrJunkie

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.