Recursos não-medicamentosos que podem ajudar clientes com Alzheimer

2
2213

Independente da condição de saúde, reavivar memórias e tocar o coração é sempre uma forma de se aproximar e de proporcionar bem-estar a uma pessoa. É por isso que se recomenda a médicos, cuidadores e familiares experimentar de música, arte, animais de estimação e uma variedade de outros recursos que fazem parte de terapias não-medicamentosas para tratamentos de Alzheimer.

Esses passatempos podem ajudar  a superar a ansiedade, estresse ou a depressão causada pela doença de Alzheimer. “Fazemos terapia com música com a minha sogra que gosta de cantar“, diz Kim Linder, 54 anos, que está ajudando a cuidar dos pais do marido. “Ela fica muito estressada e preocupada e a música ajuda a acalmá-la. Ela adora músicas da Broadway e às vezes ela canta junto.”

Falando em música…. O Alzheimer e a Musicoterapia.

A música pode ajudar de muitas maneiras. Por exemplo, muitas vezes as pessoas usam músicas para estimular as memórias, a música é uma maneira perfeita para ajudar um doente de Alzheimer a relembrar de memórias de forma não-estressante. A música também pode ajudar a alterar o humor de uma pessoa, podendo deixar alguém mais agitado, mais alerta, bem como mais calmo, pode ajudar a relaxar.

A seguir estão algumas dicas para usar a música com alguém com Alzheimer:

Use músicas familiares.  Pesquisar as músicas do ano que a pessoa era jovem, com idade entre 18 e 25. Provavelmente, essas músicas irão proporcionar respostas maiores. Lembre-se de sempre estar perto quando essas músicas forem apresentadas pela primeira vez, assim você garante que esse recurso não provoca agitação, afinal não sabemos quais as lembranças que surgirão (boas ou más?).

Tente algumas músicas novas. Música desconhecida pode ser útil porque não está vinculado a quaisquer memórias. Dessa forma, você pode tocar uma música feliz ou relaxar sem se preocupar que ele vai desencadear uma memória emocional.

Preste atenção ao tempo. Estimular com música com sons de percussão e ritmos rápidos irão promover o movimento, isso pode ajudar ao tentar obter movimentos de cientes com Alzheimer para comer, tomar banho ou se vestir. Música com batidas e ritmos lentos são boas para fins calmantes, e pode ser usada para ajudar a relaxar antes de dormir ou a se acalmar depois de estar agitado.

Saiba o que evitar ao usar a música como recurso. Só utilize fitas ou CDs para tocar música, programas de rádio não são recomendados porque podem incluir anúncios publicitários que confundem o cliente com Alzheimer. Também não se esqueça de limitar os estímulos concorrentes, desligando a televisão e fechando as janelas e portas.

O Alzheimer e outras terapias…..

Há uma série de outras abordagens que podem trazer alegria a alguém com Alzheimer e ajudar a reduzir algumas de suas reações emocionais perturbadoras. Estes incluem:

“Pet terapia” ou Terapia Assistida por Animais foi apontada por reduzir os sintomas de Alzheimer relacionados com a depressão e para aumentar a auto-estima. Para obter os melhores resultados, certifique-se que a pessoa gosta de animais antes de utilizar esse recurso. Além disso, tome cuidado na hora de combinar o animal com a pessoa, certas características do animal como força e velocidade devem ser consideradas, não seria bom para alguém cuja mobilidade é limitada estar com animal agitado e difícil de controlar pela sua força. Uma pessoa com comprometimento de mobilidade se adequa melhor com um gato ou um cão menor.

A Arteterapia pode estimular a imaginação de uma pessoa e permite expressar sentimentos que são difíceis de articular. Só não se esqueça de manter o projeto para um adulto (não deve-se infantilizar) e de estar pronto para ajudar se necessário. Lembre-se de certificar-se que todos os materiais são seguros e não tóxicos.

Atividades religiosas podem proporcionar uma sensação de paz para um cliente com Alzheimer, e pode também permitir-lhes uma chance de permanecer conectado ao mundo. “Minha mãe tem um grupo da Escola Dominical que ela está fortemente envolvida“, diz Karen McKeever, 52, uma cuidadora. “A Escola é uma boa maneira de tirá-la de casa e a mantém com o contato social

Aromaterapia ou o uso terapêutico de aromas à base de óleo é um outro meio de estimular uma pessoa através de seus sentidos. “Aromaterapia é importante porque ajuda a trazer memórias e ajuda a pessoa a se sentir conectado com a natureza“, diz Linder.

Contar histórias ou usar scrapbooking também pode ser uma forma envolvente para estimular um cliente com Alzheimer. Encontrar um lugar calmo em sua casa e tentar envolver a pessoa perguntando sobre a história por trás fotos antigas da família, ou mostrando-lhes fotos e pedindo-lhes para criar uma história baseada em torno do que é visto na imagem.

Como vocês puderam ver existe uma variedade de terapias não-medicamentosas que podem ser úteis e fazer parte de um plano de tratamento de um cliente com Alzheimer. Tente alguns dos recursos aqui mencionados, converse com a equipe de saúde que acompanha o cliente sobre ideias e recursos que podem fazer a diferença no dia-a-dia de quem tem Alzheimer.

Fonte: everydayhealth.com

Imagem: thepulitzer

2 COMENTÁRIOS

  1. Ana, essa matérias está demais! Muitas infomações interessantes que servem como multiplicador de recusrsos terapêuticos, e para mim, foiu como um incentivo a continuar realizando, pois faço com meus clientes todos os tipos que comentou!

    Quero dividir a atividade que realizei ontem, um dia de muito calor! Quatro idosos, 2 com Alzheimer, 1 deficiente visual e 1 com depressão, me auxiliaram a dar banho na cachorra da clínica. Todos sentados, com os pés descalços no chão, auxliaram a ensaboar a cadelinha com sabonete líquido que eles mesmo produziram em outra atividade!

    fica a idéia!

    Boas festas para todos!

    • Mari, você tem o registro fotográfico para publicarmos aqui no site? Se sim, me envia que escondemos os rostos na imagem e publicamos no nosso Janeiro de Exercícios!!! Desde já, fica o convite para mandar uma atividade para Janeiro. Basta um texto pequeno e, se necessário, imagens para facilitar o entendimento! 😉 Ana K.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.