Pré-requisitos necessários para usar garfo, colher, escova de dentes, escova de cabelo, lápis e outros instrumentos de coordenação fina 

1
6984

Antes da criança usar de forma independente “ferramentas” do cotidiano que exigem coordenação motora fina, como talheres, escovas, tesoura, lápis e pincel, são necessários pré-requisitos motores, cognitivos e emocionais. Veja alguns desses pré-requisitos abaixo:

Postura.

Ao usar uma ferramenta como garfo, lápis, tesoura, escova de dentes, escova de cabelo, pincel… o controle postural é essencial. Como qualquer outro movimento ou ação, tudo começa no nosso corpo e no “centro dele” (na nossa linha média).

Não se pode usar o motor fino das mãos em atividades lúdicas, se a parte superior do corpo está caída ou largada. Se a manutenção postural é o problema, o primeiro ponto é trabalhar para ter em melhor posição sentada. Para isso, é necessário procurar um terapeuta ocupacional para avaliação individualizada e recomendações.

Para o uso de ferramentas, uma criança precisa de preensão para pegar, soltar, manter,  alcançar, a capacidade de estabilizar o seu braço e escrever enquanto a mão se move. Às vezes, uma pinça (quando o indicador e o polegar se aproximam para segurar) ou um movimento de um músculo necessário é esforço demais para o braço/punho/tronco instavél da criança.

Dominância Manual.

A dominância manual tipicamente não se estabelece até 5-6 anos E isso é uma coisa boa! Assim, o corpo da criança se desenvolve de forma taxa uniforme e simétrica nos primeiros anos em relação a força, equilíbrio, tônus muscular e habilidades sensório-motoras. É esse desenvolvimento bilateral que queremos que aconteça! Se uma preferência muito forte de dominância é notada em uma idade precoce, converse com seu pediatra e consulte um  terapeuta ocupacional para avaliação de assimetria ou atraso.

Habilidades cognitivas.

Conseguir seguir instruções simples é uma obrigação para usar as ferramentas do cotidiano de formas típicas. E o uso adequado das ferramentas, de acordo com a função de cada uma, é importante. Afinal, o uso inadequado de utensílios pode ser perigoso, como por exemplo usar um garfo como escova de cabelo. Sendo assim, as habilidades cognitivas são fundamentais. Por exemplo, a atenção adequada é necessária para o uso de ferramentas em tarefas funcionais. Habilidades construtivas também precisam ser também incentivadas através do brincar, mesmo para usar ferramentas como o lápis. Construir blocos, por exemplo, proporciona o desenvolvimento motor, o uso hábil, força, imaginação e criatividade necessários para a resolução de problemas e uso das ferramentas de forma adequada.

Coordenação olho-mão.

Jogar!! Pegar uma bola e usar lápis de cera para estabelecer a base da coordenação olho-mão necessária para manobrar de forma hábil as ferramentas para a boca, papel, cabelo ou dentes.

Experiência somatossensorial.

Brincar e experimentar os sentidos em atividades diárias típicas é essencial para a criança construir a consciência de texturas, pesos, manipulação de objetos e tamanhos.

De forma simples, esses são os pré-requisitos para uma criança ter sucesso com as ferramentas em tarefas funcionais. =)

FONTESugar Aunts
Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

1 COMENTÁRIO

  1. Estou em Caieiras /SP e meu convenio é amil. Estou a procura de um profissional TO especializado em ajudar crianças asperger. Vc sabe me indicar algum. Tenho fácil acesso a SP e Jundiaí. Obrigada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.