O Carro: tema de atividade cognitivas

2
2593

Na minha prática terapêutica já vi carros sendo tema de atividades com resultados incríveis. Decidi compilar aqui algumas das formas, lá vai:

– Quebra-cabeça com imagem de carro que o cliente já teve;

– Peças de carro sendo levadas à sessão para que o cliente (mecânico aposentado) nomeasse as peças, falasse sobre a função e a relação com outras peças mecânicas; Claro que como nem todos nós temos facilidade de encontrar peças de carro, podemos procurar imagens e tcharámmmmm problema resolvido!!!

– Lista do que o cliente lembra fazer parte do seu carro ou de um carro que já teve;

– Sequência de como dirigir também pode ser trabalhado. Já vi cartões com frases que representavam cada uma das fases de dar partida de um carro e um cliente a colocando na ordem.

– Lembrar das placas dos carros que já teve e buscar em peças de madeira com letras e números os correspondentes a cada placa.

E aí, alguém já trabalhou de forma diferente ou tem uma ideia para acrescentar a estas??? 

Imagem: arquivo pessoal (instagram @analeite)

 

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ah, que legal! Lembrei de uma vez que fiz um QC de um fusca da cor do carro que a senhora que atendo dirigia há tempos atrás. Em um estado avançado de demência ela pouco fala, mas quando montou o QC sorriu e disse: é o meu carro! Foi um momento que me emocionei pelo semblante dela e poder acordar as ricas lembranças dos bons momentos vividos já que a família tinha me contado que ela adorava dirigir o fusquinha. Acho que pouco se fala do prazer e emoção do terapeuta no processo clínico. Estamos cada um no seu papel, na sua identidade subjetiva mas juntos…se refazendo sempre…e a emoção faz parte desta refazenda. Bom trabalho para todos nós. Bjs

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.