Musicoterapia ajuda crianças com Autismo

0
2560

Abril é o mês da consciência do autismo e embora não haja nenhuma cura conhecida para a doença, existem tratamentos e abordagens de ensino que podem reduzir alguns dos desafios que as crianças autistas e adultos jovens enfrentam.

Musicoterapeuta certificada, Melinda Burgard, proprietária da Melinda’s Music Therapy em Warwick, disse que ela acredita que a música é uma ferramenta importante na luta contra o Autismo.

Segundo o site da Sociedade de Autismo, o autismo é uma inabilidade complexa que tipicamente aparece durante os três primeiros anos de vida e afeta a capacidade da pessoa de se comunicar e interagir com os outros. O  Autismo é definido por um certo conjunto de comportamentos e é uma desordem que afeta indivíduos de forma diferente e em graus variados.

Burgard junto com seu grupo de voluntários e membros se reúnem toda segunda-feira na Igreja de Warwick para ajudar a aumentar a capacidade de socialização dos jovens através de atividades musicais, como cantar, tocar instrumentos e dançar.

“Musicoterapia”, Burgard disse, “é o uso da música, dentro do desenvolvimento da relação entre terapeuta e cliente, como um veículo para auxiliar a auto-estima, as habilidades de socialização, a fala, a coordenação motora e muito mais. E uma pessoa que participa de uma sessão de musicoterapia não precisa ter nenhuma experiência musical anterior ou talento.

Burgard utiliza os membros da comunidade que atuam como mentores de cada criança. Os voluntários são geralmente adolescentes que estão interessados ​​em seguir em um campo relacionado à musicoterapia. Para obter informações adicionais sobre esta terapia para todas as crianças com necessidades especiais, incluindo as com Autismo você pode visitar: www.melindasmusic.com

Fonte: StrausNews

Foto do site da Melinda’s Music com minha “arte” 😉

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.