Infância é um assunto sério. Tudo que contribui para um universo saudável de aprendizado e desenvolvimento dos pequenos merece a atenção. Dentre os diversos contextos que promovem a saúde, o bem-estar e o desenvolvimento das crianças, está a Brinquedoteca. Esse assunto “delicioso” e bem sério é tratado em vários livros, e resolvemos trazer aqui uma lista de livros para quem se interessa em conhecer ou aprofundar seu conhecimento sobre o assunto.

1Brinquedoteca e Terapia Ocupacional. Ações Interdisciplinares.  Andréa Fabíola Costa Tinoco Carvalho. Helena Maria Nica Scatolini. Editora Rúbio | 2015 | 152 páginas

Guiada pela interdisciplinaridade, a brinquedoteca desperta relações de respeito, cuidado e aprendizado por meio da humanização. Estas ações têm o potencial de favorecer um olhar para o todo do indivíduo que está internado, contemplando corpo e mente . Assim, além de curativas, são orientadoras e diagnósticas. Brinquedoteca e Terapia Ocupacional: Ações Interdisciplinares, obra que estimula e instiga, propõe-se a refletir sobre o espaço da brinquedoteca, rico em aprendizado, alegria e vivências lúdicas. Além disso, pretende sensibilizar os leitores quanto à saúde humana e ao conhecimento integrado sobre o atendimento humanizado difundido na prática laboral do terapeuta ocupacional e dos profissionais de áreas afins. Dividido em duas partes, os Capítulos 1 a 5 descrevem a brinquedoteca, suas leis, os conceitos e objetivos e seus tipos. Abordam, ainda, a assistência humanizada à criança no contexto hospitalar, o ato de brincar e as brincadeiras e a Terapia Ocupacional. Por fim, nos Capítulos 6 a 10, são abordadas as atividades junto à Musicoterapia, à Fonoaudiologia, à Fisioterapia, à Psicopedagogia, à Nutrição e à Terapia Ocupacional.(Se interessou? Clique aqui)

2Brinquedoteca Escolar. Ide Maria Salvan Maccari. Ewe Editorial Acad MIA Espa Ola | 2012 | Idioma: Espanhol | 64 páginas

O movimento estabelecido no ato de brincar alem de ser prazeroso esta ligado aos aspectos do desenvolvimento fisico e a brinquedoteca nos seus diferentes espacos motiva a crianca a interagir com os brinquedos. O ato de observar e uma qualidade que deve ser exercitada pelo professor, pois possibilita conhecer o aluno e a realidade em que ele se encontra. Observar a crianca na brinquedoteca permitira ao professor conhecer a crianca possibilitando avaliar se apresentam o desenvolvimento esperado para sua idade. A observacao e o registro permitem ao professor ler as necessidades das criancas e avaliar a sua pratica no momento do planejamento, a observacao e os registros realizados no momento em que as criancas brincam na brinquedoteca, se tornam instrumento de avaliacao para que o professor reflita sobre sua pratica e reveja o planejamento. (Se interessou? Clique aqui)

3Brinquedoteca: Manual em Educação e Saúde. Beatriz Piccolo Gimenes. Sirlandia Reis de Oliveira Teixeira. Editora Cortez | 2013 | 272 páginas.

Nos dias atuais, espaços para brincadeirinhas e jogos se tornam cada vez mais escassos, principalmente nas áreas urbanas. Por isso, o crescente número de brinquedotecas no País aponta a importância desses espaços como locais privilegiados onde a criança pode ter acesso a uma grande variedade de brinquedos e atividades. (Se interessou? Clique aqui)

4Brinquedoteca: a criança, o adulto e o lúdico. Santa Marli Pires dos Santos. Editora Vozes | 2011| 183 páginas.

A obra reúne palestras, debates, pesquisas e relatos de experiências referentes ao tema “o lúdico no contexto da vida humana – da primeira infância à terceira idade”. As diferentes abordagens ampliam o conhecimento sobre o papel pedagógico que o lú dico proporciona ao processo educacional e ao desenvolvimento humano, defendendo a criação de brinquedotecas como espaço oportuno. (Se interessou? Clique aqui)

5Brinquedoteca – O Lúdico em Diferentes Contextos. Santa Marli Pires dos Santos (Org). Editora Vozes | 2011 | 144 páginas.

O livro apresenta abordagens diferentes sobre temas atuais relacionados com o lúdico, oferecendo ao leitor uma visão geral sobre brinquedoteca, desde sua origem até o acervo lúdico atual. Permite aprofundar temas específicos como usos e significações dos jogos e brinquedos, a resiliência, as origens da capacidade simbólica, os jogos tradicionais, a criança e o computador e ainda possibilita conhecer diferentes experiências através dos relatos de brinquedotecas universitárias, hospitalares, comunitárias e escolares, que certamente contribuirão para o aprofundamento do tema. (Se interessou? Clique aqui)

6Brinquedoteca Hospitalar – Isto É Humanização. Drauzio Viegas. Editora Wak | 2007 | 168 páginas.

Esse livro organizado pelo doutor Drauzio Viegas é resultado de anos de pesquisa sobre o tema brinquedoteca hospitalar. Surge de uma constatação de que a brinquedoteca é um dos melhores recursos para humanização no tratamento de crianças e de adolescentes hospitalizados. Um espaço que une pacientes e suas famílias, psicólogas, educadores, fisioterapeutas, assistentes sociais, enfermeiras, médicos, brinquedistas, psicopedagogos, artistas com brinquedos, teatro, computadores e, dessa forma, contribuir para diminuir o medo da internação, a continuação dos estudos e a profissionalização de adolescentes, oferecendo qualidade de vida ao enfermo. (Se interessou? Clique aqui)

7Brinquedoteca : Um Mergulho no Brincar. Nylse Helena Silva Cunha. Editora Aquariana | 2007 | 136 páginas.

“A Brinquedoteca” não existe para distrair as crianças. Sua missão é bem maior: reporta-se à formação do ser humano integral e aos vários períodos da vida que ele atravessa. A integridade do ser humano é profundamente ameaçada quando a infância não é vivida plenamente. Estes horizontes devem ser bem vividos e seus territórios bem explorados se quisermos assegurar à criança oportunidades para desenvolver amplamente seu potencial. Fortalecer a criança é também fortalecer o adulto, que, ao conseguir preservá-la saudável dentro de si torna-se um ser humano mais íntegro, capaz de amar e usufruir a vida em sua plenitude, pois o seu lado criança representa a sua alma, a sua sensibilidade e a sua possibilidade de encantamento. (Se interessou? Clique aqui)

8Brinquedoteca no Diagnóstico e  Intervenção em Dificuldades Escolares. Antônia Cristina Peluso de Oliveira. Editora Alínea.

Brinquedos não são apenas instrumentos que se destinam a divertir as crianças, eles possibilitam um caminho fanstástico de acesso a elas, aos seus pensamentos, conhecimentos e emoções. Problemas de ordem social, familiar, pedagógica e emocional podem encontrar, no brinquedo e no brincar, ao mesmo tempo, a sua forma de expressão e de superação. Este livro procura demonstrar que as atividades lúdicas desenvolvidas no espaço privilegiado da Brinquedoteca Psicopedagógica são uma prática eficiente ao alcence dos educadores para a superação das dificuldades educacionais enfrentadas pelas crianças brasileiras, assentando-se um trabalho multissistêmico, em que criança, família e escola tornam-se parceiras na reestruturação das dificuldades apresentadas e na reconstrução de vínculos saudáveis com a aprendizagem.

9Jogos, Brinquedos, Brincadeiras e Brinquedoteca. Sirlandia Teixeira. Editora: Unisinos | 2010 | 136 páginas.

Jogos, Brinquedos, Brincadeiras e Brinquedoteca. (Se interessou? Clique aqui)

10Brinquedoteca em diferentes espaços. Antônia Cristina Peluso de Azevedo. Editora Alínea | 2011 | 136 páginas.

A Educação Lúdica vem se configurando, por meio de práticas e atividades, em certa contribuição na proteção da saúde mental de crianças, jovens e adultos. Este livro se propõe a identificar a presença de brinquedotecas em diferentes espaços de atendimento e relatar as vivencias nesses contextos. Busca analisar e demonstrar, com base nos relatos de experiências, como as práticas podem ser adaptadas e recriadas para o brincar.  (Se interessou? Clique aqui)

11Brinquedoteca: uma visão internacional. Vera Barros de Oliveira. Editora Vozes | 2011 | 200 páginas.

A partir da constatação de que o conceito de brinquedoteca e sua operacionalização sofrem uma contínua transformação com o passar do tempo, este livro se propõe a oferecer condições de ampla reflexão sobre a trajetória das brinquedotecas, numa abordagem internacional, analisando os caminhos percorridos, suas conquistas e desafios, a fim de preservar sua genuína contribuição à divulgação da importância do brincar. Este livro faz parte e complementa o XII Congresso Internacional de Brinquedotecas, realizado em São Paulo, em 2011, organizado pela Associação Brasileira de Brinquedotecas, ABBri, filiada à International Toy Libraries Association, ITLA. Pela primeira vez na América, este evento já foi realizado na Europa, Ásia, África e Austrália e recebe participantes de todo o mundo, interessados no Brincar. (Se interessou? Clique aqui).

12Brinquedoteca – Jogos, Brinquedos E Brincadeiras. Natividade Pereira. Editora Paulinas | 2013 | 71 p.

Esse volume é um resgate da cultura popular. (Se interessou? Clique aqui!)

13Brinquedoteca. Sucata Vira Brinquedo. Santa Marli Pires dos Santos. Editora Penso | 1995 | 98 páginas.

O leitor encontrará orientações claras e ilustradas sobre como organizar esse imprescindível espaço lúdico, com materiais atraentes e educativos com baixo custo. (Se interessou? Clique aqui!)

14Brinquedoteca No Diagnostico E Intervencao Em Dificuldades Escolares. Antonia Cristina Peluso De Azevedo. Editora Alínea | 2014 | 154 páginas. 

Este livro mostra como é possível integrar, de forma eficiente, práticas desenvolvidas no atendimento a crianças que apresentam dificuldades escolares, com um conteúdo que procura delinear a construção dessas dificuldades no contexto da escola, família e práticas sociais vigentes. (Se interessou? Clique aqui!)

15Brinquedoteca uma perspectiva psicopedagógica. Vivian Alves. Ebook. 62 páginas.

A brinquedoteca tem como objetivo valorizar as atividades ludicas e criativas, possibilitando uma variedade de brinquedos, emprestarem brinquedos dando orientacao sobre adequacao e utilizacao dos mesmos. Ela tambem estimula o desenvolvimento global das criancas e enriquece as relacoes familiares desenvolvendo habitos de responsabilidade e trabalho, dando condicoes para que as criancas brinquem com espontaneidade, despertando o interesse por uma nova forma de animacao cultural que pode diminuir a distancia entre as geracoes. O trabalho das brinquedotecas nos hospitais e atual e necessario para o bem estar de criancas e adolescentes no periodo o qual estao internados. A brinquedoteca e um espaco onde as criancas e adolescentes aprendem a compartilhar brinquedos, historias, emocoes, alegrias e tristezas sobre a condicao de hospitalizacao. Atraves das brincadeiras coletivas, elas desenvolvem aspectos de socializacao, desenvolvimento motor e cognitivo. A brinquedoteca tambem permite uma aproximacao entre pais e filhos e possui varias representacoes: e um espaco ludico, terapeutico, politico e pedagogico, alem de garantir o direito da crianca poder brincar, se divertir, tambem e um espaco de formacao de cidadania.” (Se interessou? Clique aqui!)

A lista que fizemos aqui não tem a intenção de esgotar as referências sobre o assunto e, inclusive, está aberta a sua sugestão como profissional, pai ou pesquisador sobre o assunto. Assim, pesquisamos, fizemos uma lista de livros que tratam sobre o tema e que podem interessar à sua biblioteca.

Quer comprar algum dos títulos acima? Clica na imagem abaixo:

Você tem alguma sugestão de título para nossa lista? Ah, quem já tem esses livros da lista pode opinar sobre eles e orientar nossos leitores! =)

Fizemos um post falando sobre “Brinquedista”, você conhece essa formação? Clica aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.